Dunga confirma seleção com Diego Alves e Luiz Adriano contra a Turquia, amanhã(12)

Seleção no treino desta terça-feira, em Istambul/Foto: Bruno Domingos

Seleção no treino desta terça-feira, em Istambul/Foto: Bruno Domingos
Seleção no treino desta terça-feira, em Istambul/Foto: Bruno Domingos

O técnico Dunga fez um treino secreto hoje, terça-feira (11), em Istambul, no Estádio Sukru Saracoglu, palco do amistoso de amanhã, contra a Turquia, mas o mistério não durou muito. Na primeira atividade com o grupo todo reunido, já que na última segunda a movimentação teve só 13 jogadores, o treinador abriu para a imprensa apenas os 20 minutos finais, mas revelou que as únicas mudanças serão as entradas de Diego Alves e Luiz Adriano.

A principal incógnita era o retorno de Thiago Silva, que ficou fora das duas primeiras convocações por contusão. Mas o miolo de zaga formado por Miranda e David Luiz, que está sem sofrer gols nos quatro jogos sob o comando de Dunga, será mantido, e o ex-capitão começará no banco de reservas contra os turcos. No gol, Diego Alves será o titular, vencendo a concorrência com Rafael Cabral e Neto.

Já no setor ofensivo, a ausência de Diego Tardelli, dono da camisa 9 com Dunga, abriu uma vaga importante. Oscar, Willian e Neymar são titulares certos, enquanto o Luiz Adriano, do Shakhtar Donetsk, completará o quarteto de frente. Desta forma, a Seleção volta a ter um centroavante típico como ponto de referência, o que não aconteceu nos quatro primeiros jogos.

“Logicamente muda, porque é uma característica diferente. A gente vai dar liberdade para ele (Luiz Adriano) ter essa movimentação, ele joga na sua equipe mais fixo, porque tem muitos jogadores de mobilidade ao redor. Os jogadores da Seleção têm que se adaptar um pouquinho, ele também. E é um modo de testarmos para jogar com um jogador mais centralizado”, disse o técnico.

O Brasil, portanto, terá Diego Alves; Danilo, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho, Willian e Oscar; Neymar e Luiz Adriano. Dunga tentará manter seus 100% de aproveitamento no retorno à Seleção a partir das 16h30 (de Brasília) desta quarta-feira. O jogo contra a Turquia será o quinto desafio do treinador, depois de triunfos contra Colômbia, Equador, Argentina e Japão.(Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui