Adolescente de 13 anos abusada sexualmente pelo pai morre após parto em Coari

Foto: Divulgação

Uma adolescente, de 13 anos, morreu na quarta-feira (11), ao realizar um parto prematuro em consequência do estupro praticado pelo próprio pai no município de Coari, no interior do Estado.

O pai identificado como Tomé da Silva Faba, de 36 anos, fugiu de Coari com a conivência da esposa que ainda culpou a filha pelos abusos praticados pelo pai.

De acordo com o que está sendo apurado pelo delegado José Barradas, a menina era abusada sexualmente pelo pai há três anos e estava com cinco meses de gravidez. A criança é fruto do abuso sexual.

O caso aconteceu na comunidade Santa Maria do Igapó Grande, no Paraná do Jussara, Zona Rural do município. Os familiares desconfiavam das atitudes de Tomé, pois sempre estava acompanhado da garota. Ele levava a filha quando ia pescar ou caçar.

Os médicos do Hospital Regional de Coari informaram que a morte da menina ocorreu por conta da sua saúde frágil. Ela sofria de anemia profunda, cirrose e derrame pleural (água no pulmão).

O Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado na Delegacia Interativa de Polícia de Coari, pela tia da vítima, logo após a morte dela.

A mulher informou que a mãe da adolescente, identificada como Joiciara da Silva Faba, se recusava a acreditar no estupro e culpava a filha pelo ocorrido. Após a gravidez da adolescente ganhar repercussão na comunidade, a mulher ajudou a dar fuga para o marido estuprador.

De acordo com o delegado José Barradas, o bebê se encontra internado no Hospital Regional do município.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui