Aeroporto de Manaus é eleito o melhor da Região Norte

Foto: Reprodução

O Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus (AM), recebeu nota 4,49, numa escala de 1 a 5, na Pesquisa de Satisfação do Passageiro e de Desempenho Aeroportuário do 4º trimestre, realizada pela Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura. Na categoria de aeroportos que movimentam até 5 milhões de passageiros por ano, o terminal ficou acima da meta de 4,0 pontos, definida pelo Governo Federal, e à frente dos aeroportos de Natal (4,39), Cuiabá (4,29) e Belém (4,26).
O Aeroporto de Manaus foi avaliado em 38 indicadores, sendo 37 de processos aeroportuários e um de satisfação geral. O terminal amazonense ficou com notas acima da média do Governo em 81% dos indicadores, sendo que os principais destaques foram nos quesitos:

– tempo de fila na inspeção de segurança (4,71);
– cordialidade e prestatividade dos funcionários da inspeção de segurança (4,65)
– disponibilidade de assentos na sala de embarque (4,57)
– limpeza geral do aeroporto (4,59);
– qualidade da informação nos painéis das esteiras de restituição de bagagem (4,73)
– tempo de fila no check-in (4,54);
– velocidade de restituição de bagagem (4,62).

O superintendente do Eduardo Gomes, Odone Bizz, cita que desde o início da sondagem, em 2013, o Aeroporto de Manaus já registra uma evolução de 35% nos indicadores avaliados. “Quando a pesquisa começou a ser realizada, há sete anos, o terminal manauara aparecia com 3,33 pontos no quesito satisfação geral do passageiro e hoje ultrapassamos a meta de 4,0 pontos estabelecida pelo Governo Federal. Isso é fruto de muito trabalho e dedicação de todos os trabalhadores da Infraero”, afirmou. “A nossa expectativa é ter indicadores ainda melhores, por isso estamos sempre aprimorando os fluxos e buscando mais opções de voos, serviços e conforto aos passageiros”, concluiu.

Dentre os aeroportos da Infraero pesquisados, estão quatro terminais que foram leiloados em março do ano passado e transferidos, ou em processo de transferência, para operadores privados: Cuiabá (MT), Vitória (ES), Maceió (AL) e Recife (PE). Segundo o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros, o resultado reflete o compromisso da empresa em realizar a transição para novos gestores com dedicação e profissionalismo, mantendo os melhores níveis na prestação de serviços aos passageiros.

O aeroporto

Administrado pela Infraero desde 1976, o terminal tem capacidade para receber 18,2 milhões de passageiros por ano e movimenta diariamente cerca de 8 mil passageiros. Somente em 2019, foram contabilizados, no Eduardo Gomes, 3.008.587 passageiros. O número representa crescimento de 6,4% na comparação com 2018, quando foram contabilizados 2.827.615 de embarques e desembarques.

Atualmente, oito companhias aéreas operam no terminal – Latam, Gol, Azul, Map e Total Linhas Aéreas; American, Avior e Copa Air Lines – que ligam Manaus a 11 destinos nacionais e a quatro internacionais: Miami, Barcelona, Buenos Aires e Panamá.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui