Águas do Rio Negro voltam a receber a Prova ´Almirante Tamandaré´ em Manaus

Coletiva de imprensa no lançamento da prova "Almirante Tamandaré"/Foto: Mauro Neto

A mais tradicional e importante das provas de águas abertas  do Amazonas, a “Almirante Tamandaré”, volta fazer parte do calendário esportivo de 2016 e em grande estilo. O retorno da competição, marcado para 04 de dezembro, com largada às 07h30, na Praia do Camaleão com chegada na praia da Ponta Negra, terá a participação de atletas olímpicos, de acordo com anúncio foi feito, hoje, terça-feira (08), pelo titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima, pelo organizador do evento, Pierre Gadelha, e demais representantes da competição.
A dupla olímpica que fará parte do evento é formado por Ana Marcela Soares, que participou das Olimpíadas de Pequim 2008 e Rio 2016, além de ser dona de 11 pódios internacionais consecutivos e ser a única medalha de ouro para o Brasil no Mundial de Kazan, na prova dos 25km; e Allan do Carmo, que foi  bronze nos Jogos Pan-americanos (Rio 2007), participou de duas Olimpíadas (2008 e 2016) e sagrou-se campeão mundial na maratona de 10km da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas de 2014, em Hong Kong, sendo o primeiro brasileiro a conquistar a marca internacional na modalidade masculina.

“É uma honra poder anunciar a volta desta importante competição, que não é realizada desde 2007 em circuito oficial (8,5km), há oito anos. E para comemorar este retorno, vamos ter a participação ilustre de dois grandes atletas olímpicos, além dos atletas locais e de outras partes do Brasil. Tenho certeza que a família do esporte recebe com muita alegria esta notícia e não tenho dúvidas que o evento será um sucesso e deve revelar as novas promessa do esporte”, destacou Fabrício Lima.

Coletiva de imprensa no lançamento da prova "Almirante Tamandaré"/Foto: Mauro Neto
Coletiva de imprensa no lançamento da prova “Almirante Tamandaré”/Foto: Mauro Neto

Presente na coletiva, o primeiro vencedor da Almirante Tamandaré de 1970, Paulo Rabello, destacou a importância da prova e relembrou a época das braçadas no Rio Negro. “Eu tinha 20 anos quando participei da Almirante e hoje tenho 66 anos. Participei, ao todo, de 18 travessias e lembro que naquela época só havia a caixa d’água do Hotel Tropical para guiar e atualmente existe todo um aparato. Fico muito feliz pelo retorno desta competição, que faz parte da minha vida”, destacou.

Mais novidades

Outra inovação para 2016, e que não era item obrigatório nas demais edições, é que todos os participantes deverão ser acompanhados durante o percurso por um guia, podendo este estar de stand-up ou caiaque. A exigência é para garantir ainda mais segurança e conforto aos nadadores. O tempo-limite de prova será de 1h30min após a chegada do primeiro colocado.

“A prova vai contar com todo o aparato de segurança necessário por parte da capitania dos portos e este item de acompanhamento será um suporte individual para o atleta, que caso não apresente, não terá como realizar a prova. Isso foi imposto pois esperamos muitos competidores de outros estados e atletas novos, que ainda não tiveram a experiência com as águas do Rio Negro, que tem caraterísticas como a densidade”, destacou Pierre.

Ao todo, serão 13 categorias em disputa pela Almirante Tamandaré, nos naipes masculino e feminino, e a  idade mínima para participar das provas curtas é de 13 anos completados até 31/12/2016, sendo elas: Infantil (13 e 14 anos), Juvenil (15 e 16 anos), Júnior (17,18 e 19 anos), Sênior (20 a 24 anos), Master A (25 a 29 anos), Master B (30 a 34 anos), Master C (35 a 39 anos), Master D (40 a 44 anos), Master E (45 a 49 anos), Master F (50 a 54 anos), Master G (55 a 59 anos), Master H (60 a 64 anos) e Master I (65 e acima).

De acordo com o Capitão dos Portos da Amazônia Ocidental, Comandante Alfred Dombrow, o evento faz homenagem a semana do Marinheiro. “Essa competição leva o nome do patrono da Marinha e para a gente não poderia ser um evento mais emblemático e justamente na semana do Marinheiro. Vamos estar com toda a nossa segurança voltada para a disputa e contaremos com helicóptero, assistência hospitalar, salva-vidas e demais ações que possam garantir a excelência da prova”, disse.

Inscrições

As inscrições para a Almirante Tamandaré estão sendo realizadas pelo site www.ticketagora.com.br/ e a taxa de inscrição será no valor de R$ 160,00 até 30 de novembro de 2016.

A entrega dos kits será realizada no dia 3 de dezembro, na Arena da Amazônia (entrada pelo Portão D, Flaviano Limonggi), das 8h às 17h, mediante ao comprovante der inscrição.

Até o momento, 37 atletas já se inscreveram na Almirante, incluindo a participação de oito estados do Brasil, sendo Roraima, Rondônia, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grade do Sul, Minas Gerais, Pará e Brasília.

Rio Negro Challenge

A travessia Almirante Tamandaré faz parte do ‘Rio Negro Challenge Amazônia’, evento que vai reunir ainda mais duas provas, sendo o Circuito Curumim e a Maratona Aquática Amazonas. Todas as competições acontecem dia 04 de dezembro.

O Circuito Curumim, que como o nome sugere é voltada para as crianças, compreende as idades de 8 a 12 anos e terá o percurso de 400m, na Ponta Negra e terá largada às 7h. Já a Maratona Aquática inicia às 8h, também na Ponta Negra, e o trajeto vai de 1,5Km e 3Km, de 13 anos até 65+.

As inscrições para o Challenge Amazônia são pelo site www.ticketagora.com.br/, e segue até 30/11. O evento e chancelado pela Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada).

Até o momento, já confirmaram participação de 112 atletas na Curumim e na Maratona. Somando os atletas da Almirante, este número chega a 149.

LOCAL

Data: 04 de Dezembro (Domingo)

Circuito Curumim
Local: Praia da Ponta Negra
Horário:  7h

Travessia Rio Negro
Local: Praia do Camaleão
Horário:  7h30

Maratona Aquática Amazonas
Local: Praia da Ponta Negra
Horário:  8h

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui