Ajustes são necessários, numa economia desorganizada, diz Wilker

Vereador Wilker Barreto(PHS)/Foto: Tiago Correa

Vereador Wilker Barreto(PHS)/Foto: Tiago Correa
Vereador Wilker Barreto(PHS)/Foto: Tiago Correa

O vereador Wilker Barreto (PHS), presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), que, também, é economista, não se surpreendeu com as medidas econômicas de aumento de impostos, taxas e reajuste no preço da gasolina anunciadas pelo Governo Federal.
Questionado sobre as medidas, ele afirmou que a sociedade e as pessoas de bom senso já sabiam que isso era inevitável. “O Governo Federal trabalhou no sentido de omitir isso. Infelizmente, são ajustes de uma economia desorganizada que precisa ser organizada. E isso passa por um trabalho diário de um bom economista do Ministério da Fazenda. Acredito que é arrocho”, afirmou.

O Governo Federal anunciou o aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 1,5% para 3%, além de manter a cobrança de 0,38% para cada operação, que existe desde o fim da CPMF (Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira). No pacote de ajustes da economia, as taxas de importação sobem de 9,25% para 11,75%, e a gasolina pode ser reajustada em R$ 0,22 e o diesel em R$ 0,15.

Wilker Barreto lamentou também o fato do Governo Federal ter omitido que iria tomar essas medidas. “Não jogaram limpo com a Nação. Esse é o lado ruim, mas são medidas que precisam ser feitas para poder equacionar as contas da união, que estão descontroladas”.

De acordo com ele, a Câmara Municipal de Manaus, neste início de sua gestão, já está atuando para equacionar esses problemas e enfrentar essa fase de ajustes na economia. “Enxugamos o custeio que vai ajudar nos investimentos da Casa Legislativa”, afirmou.

Entre as medidas administrativas, a CMM passou a renegociar e a reduzir em, no mínimo, 10% os contratos com fornecedores, conforme Ato da Presidência nº 072/2015, já publicado no Diário Oficial do Legislativo Municipal. A medida resultará em uma economia de custeio de aproximadamente R$ 600 mil por ano para a Casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui