Alunos-médicos realizam integração com as equipes Estratégia Saúde da Família

Alunos-médicos da Esap - Foto: Ana Paula Grangeiro/Semsa

Os alunos-médicos da Escola de Saúde Pública (Esap), enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de Saúde participaram na segunda-feira, 13/5, no auditório do Distrito de Saúde (Disa) Leste da Prefeitura de Manaus, das atividades de integração com os servidores das equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), em Manaus. As atividades fazem parte das ações de capacitação e constituição de agenda multiprofissional, tendo como referência as diretrizes da Política Nacional de Atenção Básica (Pnab), do Ministério da Saúde.
A capacitação, de caráter teórico-prático, integra as ações da Divisão de Atenção à Saúde e a de Vigilância em Saúde do Disa Leste, com o objetivo de promover a integração dos profissionais ao trabalho desenvolvido pelas equipes da Estratégia Saúde da Família junto aos usuários dos serviços dispensados à população na Atenção Básica.

“Integramos esses 20 profissionais com formação específica nas ações da Atenção Primária de Saúde do município de Manaus, de assistência ao usuário, conforme preconiza o Sistema Único de Saúde, o SUS”, reforça a enfermeira Janiete Barbosa, chefe da Atenção do Disa Leste.

Alunos-médicos da Esap – Foto: Ana Paula Grangeiro/Semsa

Na tarde desta terça-feira, 14, a capacitação dos 20 profissionais que irão compor quatro equipes da ESF, esteve voltada à organização das ações de saúde que serão oferecidas para a população, usuária do SUS, em área integrada à primeira Unidade Básica de Saúde de Manaus do Programa Clínica da Família. A unidade deverá ser inaugurada em breve no local onde funcionou a UBS Dr. Waldir Bugalho (Casa de Saúde da Mulher), localizada no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

O conteúdo teórico desenvolvido na capacitação, durante a tarde de terça-feira, esteve voltado ao acolhimento da população usuária na unidade de saúde, com a respectiva avaliação dos níveis de risco de cada paciente. A enfermeira Janiete Barbosa reforçou a importância da qualificação da equipe multiprofissional.

“Ainda existem territórios com grandes vazios assistenciais, o que reforça a importância deste trabalho em qualificar os profissionais da rede de saúde em resposta às demandas existentes e aos desafios de assegurar o acesso às ações de saúde com qualidade à população, neste caso, aos que vivem na zona Leste do município”, destacou Barbosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui