Amazonastur e Faar alinham parceria para criar visita guiada na Arena da Amazônia

Foto: Janailton Falcão/Amazonastur

A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e a Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) estão alinhando parceria para viabilizar visitação turística pelo interior da Arena da Amazônia Vivaldo Lima, palco de jogos da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016.

Nesta semana, a Amazonastur encaminhou documentação para formalizar a parceria que sugere um período teste de visitas guiadas durante três meses. Ao longo desses 90 dias, a equipe técnica, da Amazonastur e Faar, vai avaliar o roteiro de visitação para finalizar a formatação do atrativo turístico, além de coletar informações sobre a opinião do público local e dos turistas.

A proposta é que o estádio também faça parte do roteiro do Amazon Bus, o qual passa por atrativos como o Teatro Amazonas e Complexo Turístico da Ponta Negra. O presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho, afirmou que a articulação cumpre determinação do governador Wilson Lima de impulsionar o turismo no Amazonas por meio da formatação de novos roteiros e produtos turísticos.

“Nós estamos trabalhando para que a Arena entre no city tour do Amazon Bus, organizando também uma programação prévia para que essas visitas sejam guiadas em doze pontos considerados de grande relevância para o turismo do nosso destino. Com o turismo e esporte de mãos dadas temos a certeza de que teremos mais desenvolvimento e geração de emprego e renda para a nossa população”, disse Litaiff.

O diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira, ressaltou que um dos objetivos da atual gestão do Estado é transformar a arena como um ponto sustentável e o turismo pode contribuir para que esse plano seja concretizado. “A Arena da Amazônia entra em um outro nível oficializando-se como um dos atrativos turísticos de Manaus. Todo o comunitário, todos os nossos irmãos do interior e todo o amazonense quer conhecer a arena da Amazônia. Assim, nós vamos dar essa possibilidade não só para o estado do Amazonas, mas para todo o Brasil, colocando a arena como rota internacional”, acrescentou Oliveira.

Arena

Inaugurada em março de 2014 e com capacidade para receber 45 mil pessoas, a arena possui diversos atrativos como os Aros Olímpicos, Museu Internacional do Esporte e o Salão Bossa Nova, onde é possível ter uma visão panorâmica de toda a Arena. A estrutura do estádio representa um cesto de palha, objeto usado na cultura indígena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui