Amazonense de 9 anos é campeã nacional de ginástica rítmica

Fotos - Divulgação Semjel

A pouca altura não impediu que Hadassa Benício, 9, se consagrasse campeã do Torneio Nacional de Ginástica Rítmica, realizado de 15 a 20 de outubro, em São Bernardo, São Paulo. Pelo contrário, o pequeno porte auxiliou para que a atleta, que recebeu apoio da Prefeitura de Manaus, alcançasse a colocação mais alta no pódio.

“A política de esporte na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto é muito clara: incentivar e valorizar o atleta e paratleta amazonense. O resultado obtido por Hadassa premia todo um trabalho que vem sendo desenvolvido pela Prefeitura de Manaus em prol dos desportistas amazonenses”, destacou o secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), João Carlos.

Os seus 1,25 m de altura foram importantes para que Hadassa realizasse com agilidade e plástica os movimentos de sua apresentação para alcançar no geral a primeira colocação. A atleta fez duas apresentações, pelo aparelho mãos livres, fez o quinto lugar e, no arco, sua especialidade, fez o 1º lugar. A soma das duas performances garantiu o primeiro lugar geral.

Fotos – Divulgação Semjel

A pequena campeã colocou em prática o conhecimento adquirido nos dois anos de experiência que tem na modalidade para vencer as outras três adversárias pela categoria pré-infantil nível 1. “Fui bem, na primeira série eu fiquei um pouco nervosa, já na segunda foi mais trabalhado. Eu me preparei bem e fico feliz em trazer esse título pro Estado”, contou ainda tímida.

Pelo arco, Hadassa alcançou o resultado de 18.900 pontos e, pelas mãos livres, 19.550, totalizando 38.450. Para isso, ela contou com uma preparação especial, como conta a técnica Suane Soares, 27. “A Hadassa vem se preparando desde o Regional para essa competição com um treino bem forte. Ela chegou bem firme na competição. É uma atleta muito dedicada, sempre está focada nos treinos e teve um ótimo preparo para essa competição”, explicou.

Hadassa se prepara agora para as próximas competições que serão realizadas em solo baré, o Troféu Artemis Soares e a Copa Bianca Maia de ginástica rítmica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui