Amazônia perdeu mais de 700 quilômetros de floresta em três décadas

Foto: Bruno Kelly/Reuters

Em um período de 33 anos, a Pan-Amazônia, região da floresta amazônica com nove países, perdeu 724 mil quilômetros quadrados de cobertura floresta e vegetal. A área equivale aos Estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, todos juntos. O mesmo espaço também é equivalente a todo o Chile.

A maior parte da área perdida (692 quilômetros quadrados) era de floresta. O restante (32 quilômetros quadrados) correspondia à vegetação natural. O desmate aconteceu entre 1985 e 2018.

Nesse mesmo período também foi perdido 1% de cobertura florestal nas áreas protegidas. Dos 692 quilômetros quadrados de floresta amazônica perdida, 50 mil estavam em territórios indígenas e áreas naturais protegidas. As unidades de conservação são importantes para impedir a derrubada de árvores nativas.

A região da Pan-Amazônia abrange a área de floresta no Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. O Brasil tem 61,8% do bioma e também foi o que mais perdeu cobertura florestal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui