Aos pelegos e corruptos de Novo Airão – por Garcia Neto


Garcia Neto é Professor com Licenciatura Plena e Jornalista Profissional, sempre combati os sindicalistas pelegos e os políticos corruptos nas duas esferas profissionais em que atuo.

No jornalismo, meus textos, com tonalidade inflamados e com contundência, sempre incomodaram os desonestos e a aliados dos indignos.

Professor Garcia Neto.

Meu foco principal aqui neste espaço é contribuir para a derrocada definitiva de um político que foi prefeito três vezes de Novo Airão e perdeu o rumo de suas atribuições, preferindo desviar dinheiro público e zombar cinicamente de um povo que lhe devotou confiança, jogando o município nesse buraco sem fim.

Como se não bastasse, sabendo ele estar inelegível, condenado criminalmente com sentença transitada em julgado, condenado por improbidade administrativa, declarado incapaz para os atos da vida civil, teve seus direitos políticos suspensos, decidiu zombar de tudo e de todos, desafiando a Justiça e deixando o povo e o município em situação humilhante e vexatória.

Fiquei indignado quando esse rapaz me disse que sairia candidato “nem que fosse para bagunçar as eleições”. Disse a ele para desistir dessa falta de respeito, e ele cinicamente disse que já estava decidido.

Jurei combater toda essa infâmia, toda essa insensatez e tirania, essa doença pelo poder. Só para reafirmar ao Wilton e a seus aliados que me agridem, que jamais desistirei, mesmo debaixo de ameaças, porque esse tipo de intimidação não me assusta.

A impunidade subiu a cabeça do Ficha Suja, enquanto a dor e o sofrimento atinge de morte cada cidadão airãoense. A hora é de luta pela mudança, e fica aqui a palavra de ordem para não desistirem de enfrentar a tirania dos tiranos.

Como Jornalista, vou continuar mostrando ao povo pelas redes sociais o que acontece nos bastidores da política de Airão, e toda podridão movida pelo escárnio da corrupção.

É impossível conviver com o imoral, com a intolerância e com o retrocesso.

 

(O Escorpião)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui