Após serem rendidos, homens são mortos em invasão do Conjunto Viver Melhor

As vítimas foram amarradas, torturadas e mortas a golpes de faca, pauladas e tiros/Foto: divulgação

O ex-presidiário Thiago Bindá de Almeida, conhecido como ‘Espeto’, de 23 anos, e David Vilas Boas Barbosa, o ‘Faixa’, de 18 anos, foram assassinados a pauladas e a tiros, na noite de sábado (8), por volta das 18h30, na invasão Paraíso Verde, localizado no Conjunto Viver Melhor 2, bairro Lagoa Azul, na Zona Norte de Manaus.

De acordo com policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Thiago e David foram rendidos por integrantes de uma gangue envolvida com o tráfico de drogas, cujo líder é um traficante conhecido como ‘Antônio’.

Davi (à esquerda) e Thiago foram amarrados, torturados e mortos a golpes de faca, pauladas e tiros/Foto: divulgação

As vítimas foram amarradas, torturadas e mortas a golpes de faca, pauladas e tiros. Segundo a polícia, a intenção do grupo criminoso era enterrar os dois homens.

A perícia criminal do Instituto de Criminalística (IC) informou que Thiago foi morto com quatro tiros, a maioria na cabeça. Já David foi espancado com chutes, pauladas e facadas.

Os corpos das vítimas foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui