Após tropeço do Brasil, Camarões e Croácia jogam para não dar adeus à Copa

Eto'o se possível vai n o banco/Foto: AP

Eto'o se possível vai n o banco/Foto: AP
Eto’o se possível vai no banco/Foto: AP
Mandzukic (17), está pronto para estrear na Copa/Foto: AFP
Mandzukic (17), está pronto para estrear na Copa/Foto: AFP

Um tropeço agitou o Grupo A da Copa do Mundo, renovou ânimos e esquentou ainda mais o jogo entre Camarões e Croácia, hoje, quarta-feira (18), às 19h (de Brasília) na Arena da Amazônia, em Manaus.

Derrotadas na estreia, as seleções buscam a vitória um dia depois de o Brasil ter empatado com o México em 0 a 0. Ambos os times chegaram a quatro pontos. Um empate ainda deixa croatas e camaroneses com chances de classificação. Uma vitória significa encostar nos líderes da chave. Mas, em caso de derrota, será o adeus precoce ao Mundial.

Eto’o fora do time titular

Pelo lado de Camarões, o maior problema atende pelo nome de Samuel Eto’o. Com dores no joelho direito, a luta maior do atacante é para estar no banco de reservas. Aboubakar deve ser o titular.

– Espero que essa Copa não acabe para nós tão cedo. É o que todos nós desejamos – afirmou Eto’o.

Mandzukic estreia e Modric está recuperado

Do lado da Croácia, duas boas notícias foram confirmadas. A primeira é a presença do atacante Mario Mandzukic, do Bayern de Munique, no time titular. Ele não pôde atuar na estreia contra o Brasil porque foi expulso no duelo que garantiu os croatas no Mundial, contra a Islândia, pela repescagem, e agora entra no lugar de Jelavic. A segunda é que Luka Modric, do Real Madrid, recuperou-se de dores no pé direito e também vai jogar.

– Claro que jogar essa Copa significa muito para mim como jogador. É um sonho realizado. Qual criança não sonhou com isso? Por isso estou com essa vontade toda. Quero essa vitória, e mal posso esperar para entrar em campo. Espero um resultado positivo – afirmou Mandzukic.

O treinador Niko Kovac fez mistério sobre algumas posições da equipe titular croata, mas a tendência é que haja mais duas mudanças. O meia Kovacic não agradou e deve dar lugar a Brozovic, mas o brasileiro Sammir corre por fora e pode ganhar a posição. Já o lateral-esquerdo Pranjic, que não jogou na estreia porque torceu o tornozelo esquerdo no último amistoso antes da Copa, parece ter se recuperado da lesão e deve entrar no lugar de Vrsaljko.

Será o primeiro jogo oficial entre Camarões e Croácia ao longo da história. Ainda longe de serem rotuladas como potências do futebol, as seleções lutam pela superação e por recordar seus melhores dias em Copas. Em 1998, os croatas – que participam de um Mundial pela quarta vez – terminaram em terceiro. Em 90, os africanos ficaram na sétima colocação, sua melhor posição. Com a edição deste ano, os camaroneses somam sete participações.

Camarões: Itandje, Nounkeu (Djegoué), N’Koulou, Chedjou (Matip) e Assou-Ekotto; Song, Enoh e Mbia (Makoun); Moukandjo, Aboubakar e Choupo-Moting

Croácia: Pletikosa, Srna, Corluka, Lovren e Pranjic (Vrsaljko); Modric, Rakitic, Brozovic (Sammir) e Perisic; Olic e Mandzukic. (G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui