Arábia Saudita anuncia desmantelamento de grupo terrorista

AFP Foto de Fayez Nureldine/AFP/Arquivos

AFP Foto de Fayez Nureldine/AFP/Arquivos
AFP Foto de Fayez Nureldine/AFP/Arquivos

A Arábia Saudita anunciou nesta terça-feira o desmantelamento de uma organização terrorista que planejava atentados contra estabelecimentos públicos e interesses estrangeiros neste rico país petroleiro do golfo.
Em um comunicado divulgado pela televisão pública, o ministério do Interior saudita afirma ter detido 62 membros deste grupo, três dos quais são estrangeiros.
Entre os detidos figuram 35 sauditas que estiveram presos no passado por seu envolvimento em ações contra a segurança, afirma o ministério.
Os detidos estão “relacionados com extremistas na Síria e no Iêmen”, dois países que enfrentam um aumento do número de fundamentalistas islâmicos, acrescentou.
Além disso, as autoridades sauditas enviaram à Interpol uma lista de 44 pessoas buscadas por seu suposto envolvimento nas atividades da organização desmantelada.
A Arábia Saudita sofreu de 2003 a 2006 diversos atentados atribuídos à Al-Qaeda que deixaram dezenas de mortos.
Desde então, o país trava uma batalha contra redes extremistas que já deixou milhares de detidos.
Os tribunais especializados em assuntos de terrorismo começaram em 2011 a julgar dezenas de sauditas e estrangeiros acusados de pertencer à Al-Qaeda ou de estar envolvidos nos atentados entre 2003 e 2006.
Ainda assim, em 2009 os braços saudita e iemenita da rede se fundiram para formar a Al-Qaeda na Península Arábica (AQPA), ativa no Iêmen. (AFP)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui