Argentina não terá o atleticano Otamendi além de Banega e Sosa na Copa

Otamendi(E), do Atléitco Mineiro, não entrou na lista/Foto: AFP

Otamendi(E), do Atléitco Mineiro, não entrou na lista/Foto: AFP
Otamendi(E), do Atléitco Mineiro, não entrou na lista/Foto: AFP

Uma notícia surpreendente e duas esperadas. Entre as últimas seleções a definir seus jogadores para a Copa do Mundo na noite de ontem segunda-feira (02), a Argentina deixou o defensor Nicolás Otamendi, o volante Ever Banega e o meia José Sosa pelo caminho. Alejandro Sabella, treinador argentino, esperou até o último instante para escolher quem levaria ao Brasil.

O jogador excluído que mais causou comoção foi Ever Banega, titular da seleção em vários momentos dos últimos quatro anos. Meio-campista talentoso, ele até voltou do Valencia-ESP para jogar a Copa Libertadores pelo Newell’s Old Boys-ARG, mas a equipe acabou eliminada na primeira fase e ele sofreu com problemas médicos.

Há algumas semanas, Banega, 25 anos, teve uma infecção pulmonar e perdeu a reta final do Campeonato Argentino. Desde que a seleção se apresentou no fim do mês passado, ele treinava com normalidade, mas não convenceu Sabella. Se precisar de um volante marcador no banco, o treinador conta com Enzo Pérez. Se precisar avançar, tem Lucas Biglia.

Quem também integrou um período considerável das Eliminatórias Sul-Americanas e não vai à Copa é Nicolás Otamendi. Outro emprestado pelo Valencia-ESP, ele agradou a serviço do Atlético-MG e era o maior curinga de Sabella, pois joga nas quatro posições defensivas, mas a arrancada de Martin Demichelis pelo campeão inglês Manchester City custou seu lugar. Por ironia, a Argentina a partir de domingo treinará justamente na Cidade do Galo, sede atleticana.

Em uma disputa praticamente direta com Ricky Alvárez, da Inter de Milão, e Augusto Fernández, do Celta de Vigo-ESP, José Sosa foi o terceiro descartado por Sabella. A exemplo dos outros cortados, o meia direita também trocou de clube em janeiro atrás de mais oportunidades. Juntou-se a Diego Simeone, o treinador que lhe projetou como campeão argentino pelo Estudiantes, mas não passou da reserva no Atlético de Madrid-ESP.

Logo depois de anunciar 30 jogadores, vale lembrar, Alejandro Sabella já havia definido o corte de quatro nomes para não criar falsas expectativas: Franco Di Santo (atacante do Wolfsburg-ALE), Gabriel Mercado (lateral do River Plate), Lisandro López (zagueiro do Getafe-ESP) e Fabián Rinaudo (meio-campista do Catania-ITA) rapidamente foram avisados de que estavam na espera.

A Argentina segue em preparação para a Copa com um treinamento nesta terça-feira à tarde e amistoso na quarta, em Buenos Aires, contra Trinidad e Tobago. Antes de viajar ao Brasil, também enfrentará a Eslovênia no sábado, em La Plata. Sabella só poderá fazer trocas no grupo em caso de lesão constatada até 14 de junho, véspera da estreia contra a Bósnia, no Maracanã.(Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui