Assassino de adolescente preso, em Tapauá, à disposição da justiça

Jama Osnam, preso, em Tapauá/Foto: PC

Jama Osnam, preso, em Tapauá/Foto: PC
Jama Osmã, preso, em Tapauá/Foto: PC

Policiais da  64ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), da Polícia Civil/AM, localizada no município de Tapauá, prenderam na última quarta-feira (03), Jame Osmã de Castro, de 27 anos, em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de homicídio, apontado como um dos autores da morte de Gabriela da Costa Amazonas, de 14 anos, ocorrido na madrugada do dia 24 de novembro de 2012.

Jame foi preso na avenida Presidente Costa e Silva, no Centro da cidade de Tapauá. A ação foi coordenada pelo Delegado Osman Nasser, Titular da 64ª Delegacia, e contou com o apoio da Polícia Militar lotados naquele município.

De acordo com Osman Nasser, as investigações indicam que a garota foi morta porque teria visto o local em que Jame escondeu certa quantidade de drogas, e ela teria pegado essa droga e se desfeito dela. Diante da atitude da jovem, Jame, e mais dois comparsas que estão sendo procurados pela polícia, e que não tiveram os nomes divulgados, levaram a vítima para um matagal, próximo ao igarapé São João, e cortaram o pescoço dela utilizando um terçado.

Nasse ressaltou que após cometerem o homicídio, os três fugiram da cidade, entretanto, passado algum tempo Jame resolveu retornar ao município. Até que a equipe de investigação recebeu informações de que ele estava na cidade e montou campana próxima a residência onde ele morava, e obteve êxito na prisão dele.

O Delegado informou ainda que no momento da abordagem, com Jame foram apreendidas 20 trouxinhas de drogas com características de maconha e oxi.  Na sede da unidade policial, Jame dói autuado em flagrante por tráfico de drogas (Artigo 33 da Lei n° 11.343/06).

“Jame foi indiciado por homicídio qualificado e poderá pegar até 30 anos de reclusão. No momento da prisão, com ele foram encontradas algumas porções de drogas, ocasionando o flagrante por tráfico de drogas, o que aumentar a pena dele”, informou Delegado Osman.

Jame segue preso na carceragem da 64ª Delegacia de Polícia, onde ficará à disposição da Justiça de Tapa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui