Atividade física em casa é opção para sair do sedentarismo

Confira quais são as alternativas para cuidar da saúde no isolamento social/Foto: Reprodução

Com a flexibilização da quarentena, muitos já se referem ao período atual como um “pós-pandemia”. Entretanto, segundo a Organização Mundial da Saúde, a pandemia do novo coronavírus ainda não acabou e cuidados devem ser tomados, mesmo com a reabertura dos setores.

As academias puderam reabrir em julho, após quatro meses fechadas, seguindo normas e orientações da vigilância sanitária, a fim de garantir a segurança dos seus alunos e evitar aglomerações e propagação do vírus. Mas muitos ainda não se sentem seguros para retornar às atividades, uma vez que as academias são lugares fechados, onde as pessoas liberam fluidos e secreções, e o risco de contaminação é grande.

Com tantos meses em casa e sem previsão de vacina, contudo, é preciso retornar às atividades físicas de alguma forma e não se render ao sedentarismo. Gustavo Starling Torres, médico pós-graduado em Medicina Esportiva, explica quais são os riscos para quem é sedentário.

“O sedentarismo está associado, direta ou indiretamente, às causas ou ao agravamento de diversas doenças, tais como coronariopatias, infarto do miocárdio, hipertensão e doenças cardiovasculares em geral, osteoporose, diabetes, obesidade e até a alguns tipos de câncer, levando à mortalidade prematura”, explica o médico.

Por isso, listamos a seguir de que forma você pode se exercitar de maneira segura, sem sair do isolamento social. Confira!

  1. Utilize os afazeres domésticos a seu favor

Tarefas como lavar roupa, lavar louça, passear com o cachorro e varrer a casa, por exemplo, podem ser considerados atividades aeróbias. O ideal é que sejam realizados pelo menos 30 minutos de atividades aeróbicas por dia, e essas tarefas domésticas podem servir para atingir este tempo, desde que sejam praticadas em sessões que durem pelo menos dez minutos.

2. Ande um pouco mais

Se você mora em apartamento e precisa sair, use as escadas ao invés dos elevadores. Caso more em casa térrea, a dica é ir andando, e não dirigindo, se precisar ir a lugares não tão distantes. Além disso, você também pode estacionar o carro um pouco mais longe, para precisar andar um pouco mais. Andar de bicicleta em vez de ir de carro também é uma opção para uma vida mais saudável.

3. Fuja do óbvio

Caso ainda não tenha encontrado um esporte que goste e também não seja fã de caminhadas, o ideal é encontrar uma saída em alguma atividade que goste de fazer, como, por exemplo, dançar ou pular corda. São excelentes exercícios para perda de peso, além de ser realizados de forma descontraída.

4. Musculação

Esta dica é para os que não se sentem seguros para voltar à academia, mas não querem deixar o crescimento muscular de lado. A alternativa, então, é adaptar pesos e halteres com o que você tem e fazer musculação em casa, sempre tomando cuidado para não causar um acidente doméstico e se machucar. Quilos de comida, mochilas com livros, garrafas pet com água e até mesmo o cabo de vassoura serão seus grandes aliados para o treinamento muscular!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui