Atos de campanha eleitoral estão proibidos em Amaturá

Foto: Reprodução

A Justiça Eleitoral determinou que os candidatos a prefeito e a vereador em Amaturá (a 1.205 quilômetros de Manaus) deverão obedecer às medidas de segurança sanitária. O objetivo é diminuir a proliferação da covid-19 na cidade.

Os candidatos não poderão realizar atos de campanha que gerem aglomerações. Ou seja, carreatas, comícios e caminhadas estão proibidos neste período eleitoral.

Quem descumprir a determinação pode ser multado. Outra penalidade deverá ser a punição por crime de improbidade administrativa.

Amaturá já registrou quase mil casos de covid-19. Dez pessoas já morreram na cidade em decorrência da pandemia, conforme dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui