‘Aula em Casa’ volta no dia 18 de fevereiro e terá novidades

Foto: Reprodução

O Ano Letivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, inicia, no próximo dia 18 de fevereiro. Conforme antecipado pelo governador Wilson Lima, na última semana, as aulas serão inteiramente remotas, por meio do projeto “Aula em Casa”, com transmissões pela TV aberta e Internet.

Neste ano, o projeto terá três canais de televisão simultâneos, um voltado para os conteúdos dos Anos Iniciais, outro direcionado a estudantes dos Anos Finais e modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) e, por fim, um terceiro com as aulas para o Ensino Médio. Fora isso, os alunos também poderão acompanhar as transmissões pelo YouTube e pelo aplicativo oficial do “Aula em Casa”, como no ano passado.

Na próxima semana, que antecede o início das aulas, a Secretaria de Educação vai divulgar os detalhes e procedimentos para acompanhamento das aulas pelos estudantes. As atividades iniciam, de maneira on-line, de acordo com o Calendário Escolar definido junto ao Conselho Estadual de Educação (CEE-AM).

“Ficou definido, portanto, o retorno do ano escolar a partir do dia 8 de fevereiro e o início das aulas, ou seja, do ano letivo, a partir do dia 18 de fevereiro. Melhor dizendo, a partir do dia 8, a Seduc iniciará um processo de formação de todos os seus servidores, que nós convencionamos chamar de Jornada Pedagógica, para prepararmos os nossos professores para o ano letivo”, acrescentou o secretário de Educação.

Assim como foi em 2020, as secretarias de Educação continuarão disponibilizando os conteúdos do projeto “Aula em Casa” nas plataformas digitais, tais como Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), Saber+ e Plataforma Educação. A grande novidade para 2021 ficará por conta da criação do Caderno Digital.

A ferramenta estará disponível para os professores e estudantes da rede pública, que deverão utilizá-la para exercitar e reforçar os conteúdos trabalhados no projeto. No Caderno Digital, eles encontrarão: link de acesso às videoaulas, síntese dos conteúdos, dinâmica interativa e atividades complementares, dentre outros materiais de apoio.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui