Autônomo é morto com tiro no rosto, no Campos Sales

O disparo foi à queima-roupa no olho esquerdo da vítima/Foto: Rubemar Oliveira

O autônomo Antônio Campos Enes, de 51 anos, foi morto com um tiro no olho, na manhã deste sábado (17), dentro da loja Dayane Material de Construção, na Avenida Ponta Negra, no bairro Campos Sales, na Zona Oeste de Manaus. O crime foi praticado por dois homens que fugiram com auxilio de uma moto.

Segundo informações do sargento Ailton Campos, da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Antônio foi surpreendido por dois homens, não identificados, que chegaram ao local em uma motocicleta, cor e placa não reconhecidas. Um dos suspeitos fez um disparo à queima-roupa no olho esquerdo do autônomo, que morreu na hora.

O disparo foi à queima-roupa no olho esquerdo da vítima/Foto: Rubemar Oliveira

A dupla fugiu em seguida depois do crime. Familiares relataram que Antônio trabalhava no local com venda de acessórios para TV e celular a cerca de um mês. A suspeita é de que o crime tenha sido uma vingança. Há oito anos, Antônio se envolveu em uma briga com um homem, que foi esfaqueado e passou três meses em coma. A outra hipótese é que Antônio foi vítima de um assalto e teria reagido ao esfaquear um dos suspeitos.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O caso ficará sob investigação de Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui