Bacia Amazônica registra mais casos de covid-19 entre os indígenas

Foto: Reprodução

Os povos indígenas aldeados na Bacia Amazônica foram os mais atingidos pelo coronavírus no Brasil. De acordo com dados da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), as taxas de incidência nessas localidades foram cinco vezes maiores que a média nacional.

No início deste mês, conforme informações da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), mais de 160 indígenas morreram com covid-19 no Amazonas. Já os dados da Secretaria de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, indicam 105 óbitos entre os povos.

Desde o início da pandemia, os indígenas cobram das autoridades medidas mais severas para conter o coronavírus nas aldeias. Eles temem o genocídio dos povos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui