Borba quer comprar merenda escolar por R$ 1,8 milhão em plena pandemia

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Borba (a 328 quilômetros de Manaus) pretende comprar merenda escolar por R$ 1,8 milhão. No entanto, as aulas da rede municipal estão suspensas desde o ano passado devido à pandemia de covid-19.

A merenda será destinada para escolas e creches da rede municipal de ensino e fornecida por cinco empresas. Somente a RN Albuquerque Brasil Eireli, que já foi alvo de denúncia no Ministério Público do Amazonas (MPAM) por suposta fraude em licitação, vai receber R$ 560.910,00.

Já a MMB Lopes Comércio e Representação – ME, conhecida como Mercadinho e Distribuidora Paraíba, de Borba, irá receber R$ 286.288,00. As empresas L R J Aguiar LTDA – Eireli e YA da Rocha Comercio e Serviços irão receber, respectivamente, R$ 179.320,00 e R$ 21.020,00. Ambas possuem sede em Manaus.

Outra empresa que terá a fatia do milhão será a Du Primo Comércio de Gêneros Alimentícios Ltda. O montante de R$ 839.720,00 será dividido entre o fornecimento de merenda escolar e de produtos de limpeza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui