Botos brincam com sucuri na Amazônia e diversão intriga cientistas

Foto: Reprodução

O registro de uma dupla de botos se divertindo com uma sucuri na boca é algo considerado um tanto chocante para pesquisadores. Além de a cena jamais ter sido fotografada antes.

É muito difícil ver um golfinho fluvial boliviano, uma espécie de boto típica do país. Mesmo que cientistas dedicados digam que ver um com a cabeça para fora da água é algo bastante raro.

Ainda assim, eles merecem atenção: o comportamento desses animais é um indicativo da saúde de rios e de animais de ecossistemas fluviais das selvas da Bolívia.

Por isso, ver a dupla de macho da espécie se divertindo com a cobra intriga a comunidade científica.

O registro foi feito em agosto de 2021, no rio Tijamuchi, na Bolívia, por Steffen Reichle, um biólogo do Museu de História Natural Noel Kempff Mercado.

Segundo o New York Times, apenas quando foi rever as imagens ele percebeu que os mamíferos pareciam se divertir com a cobra gigante.

O que eles faziam? Esse é um mistério que não pode ser respondido no momento, mas rendeu um estudo científico publicado em 12 de abril, na revista Ecology.
Os cetáceos, grupo de mamíferos marinhos que englobam, resumidamente, baleias e golfinhos, são conhecidos por sistemas sociais complexos e por brincarem com frequência.

Mas se divertir com uma sucuri, uma cobra gigante e predadora, é algo nunca observado antes.

O registro é ainda mais intrigante pelo fato dos botos bolivianos (Inia boliviensis) raramente aparecem na superfície.

No entanto, durante a brincadeira, eles mudaram esse comportamento.

Fonte: CNN Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui