Brasileiros no exterior enfrentam longas filas para votar

Brasileiro em Buenos Aires, na Argentina, enfrentam fila para votar — Foto: Samuel Rodrigues/Arquivo Pessoal

Diversas filas foram relatadas nas redes sociais por brasileiros que estão votando no exterior neste domingo (2). O voto fora do país é somente para o cargo de presidente e pode ser feito dentro de embaixadas, consulados e repartições diplomáticas espalhadas por 159 cidades de 97 países.

Segundo informações do Ministério das Relações Exteriores (MRE), quase 700 mil brasileiros que vivem no exterior estão aptos para votar.

Em Zurique, na Suíça, os eleitores tiveram que enfrentar chuva e aproximadamente 2 km de fila, segundo a brasileira Juliana Campoy que mora a uma hora do local de votação. “A entrada do colégio estava um caos, muito bagunçado. Todo ano é assim”, disse. Ela e o marido levaram mais de 1 hora e meia para conseguir votar, mas ouviram relatos de pessoas que levaram mais de 4 horas.

Brasileiros enfrentam chuva em fila para votação em Zurique, na Suíça — Foto: Juliana Campoy/Arquivo Pessoal

Em Londres, na Inglaterra, o brasileiro Gabriel Araujo von Winckler disse que as filas onde ele votou estavam demorando em torno de 1h30 em um clima de “muvuca”, com caixas de som e alto falantes, mas sem confusão. “Está melhor que a 4 anos atrás, que foi debaixo de chuva. O local de votação está muito maior, mas ainda insuficiente para a população brasileira em Londres”, disse.

Foto: Gabriel Araujo von Winckler/Arquivo Pessoal

Em Buenos Aires, na Argentina, o brasileiro Samuel Rodrigues calcula que o tempo de espera na fila pode chegar a 2 horas.

Lisboa, capital portuguesa, é a cidade com maior quantidade de brasileiros aptos a votar, com 45 mil eleitores. Logo em seguida, vêm Miami e Boston, ambas nos Estados Unidos, com 40 mil e 37 mil eleitores, respectivamente.

A votação no exterior segue o horário local de cada país e em alguns países ela já foi encerrada, com o resultado local sendo divulgado em redes sociais.

g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui