Britânica desaparecida no Rio Solimões pode ter sido atacada por “piratas”

Foto: Divulgação

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9° Distrito Naval (Com9ºDN), vai falar neste domingo, às 15h, sobre as operações de busca e salvamento a esportista britânica, de 43 anos, que está desaparecida no Rio Solimões.
O caiaque da britânica ou o que restou dele foi encontrado por ribeirinhos em uma praia entre os municípios de Coari e Codajás o que causou maior apreensão entre os responsáveis pelas buscas.

Surgiram comentários os ribeirinhos de Coari e Codajás que a britânica, cuja identidade ainda não foi revelada, possa ter sido vítima de um ataque de “piratas”. Militares já foram informados sobre essa possibilidade.

A britância desapareceu quando praticava canoagem pelo Rio Solimões. Ela navegava de Quito (Equador) ao Amazonas. As buscas de resgate e salvamos estão sendo realizada pela Marinha com apoio de Bombeiros e Políciais Militares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui