Cadela Berenice vira ‘policial civil canina’ após ser adotada em delegacia no Ceará

Berenice passou a viver na unidade policial após ser resgatada da rua. — Foto: Delegacia de Jardim

A cadela Berenice, de um ano e seis meses, conseguiu um novo lar e deixou de vagar pelas ruas de Jardim, no interior do Ceará. Depois de ser encontrada, a cachorra foi acolhida por agentes e ganhou status de funcionária da delegacia da Polícia Civil.

A policial Sara Barros, que voltava do trabalho, localizou Berenice na rua quase sendo atropelada por um carro. Comovida com a situação do animal, a agente a resgatou e, com a ajuda de uma prima veterinária, ofereceu cuidados médicos.

Decidida a ajudar a cadela, Sara levou Berenice para ficar um fim de semana na delegacia, prazo que foi estendido em definitivo pelo antigo titular da unidade. “O delegado que estava aqui anteriormente decidiu que iríamos ficar com a cachorra”, disse a policial.

Segundo Caio Tomazini, delegado do município, Berenice interage com “todo mundo que passa” e é bastante querida pelos funcionários da unidade policial, sendo considerada por ele uma “policial civil canina”. “É o único policial que está aqui na delegacia 24 horas por dia”, declarou ele.

Além de receber carinho e bom tratamento dos policiais, a cadela também conta com alimentação, banho e até passeios de Márcia Agostinho, auxiliar de serviços. “É como se fosse uma filha pra mim”, completou.

Istóe

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui