Câmeras flagram momento em que homem joga ácido em ex-mulher

Segundo a mãe da vítima, o suspeito tinha intenção de matá-la - Foto: Reprodução/AL2

Câmeras de segurança de um estabelecimento em Marechal Deodoro, região metropolitana de Maceió, flagraram o momento exato em que Erivânia Vicente dos Santos é queimada com ácido. Nas imagens, exibidas ontem  segunda-feira (25/2), é possível identificar José Gilbenes dos Santos Galvão, ex da vítima, se aproximando dela.

Nas gravações, José Gilbenes é flagrado entrando na loja e derrama o líquido na cabeça de Erivânia. “Ele chegou até o degrau da loja e jogou o líquido nela. E ela, em um momento de desespero para pedir ajuda, adentra a loja. Ele vem seguindo e continua derramando o líquido nela. E ela gritando: ‘Por favor, água! Por favor, água, me molhe, me molhe! Tá queimando, tá queimando!’”, contou a empresária Evanessa Rodrigues, que testemunhou o ocorrido.

Erivânia, ex-companheira do suspeito e Erineide, irmã de Erivânia – Foto: Reprodução/TV Gazeta

A mãe de Erivânia relatou, em depoimento à Polícia Civil, que o suspeito tinha a intenção de matá-la por não aceitar o término do relacionamento, de aproximadamente 8 meses. Durante a agressão, José acabou atingindo a irmã da vítima, Erineide Vicente dos Santos, quando ela tentou afastá-lo. Após o crime, o homem teria deixado a garrafa do produto químico na porta do estabelecimento e saído andando tranquilamente.

As duas irmãs foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanecem internadas, com estado de saúde estável. A ex-mulher do suspeito teve queimaduras de primeiro e segundo grau no rosto, dorso e coro cabeludo, enquanto sua irmã teve as mãos e rosto queimados.

O suspeito encontra-se foragido. No entanto, o advogado garantiu que ele se apresentará à polícia até terça-feira (26). Segundo o delegado Leonam Pinheiro, José Gilbenes deve ser enquadrado por tentativa de homicídio qualificado e lesão corporal dolosa, tendo em vista que ele buscou ceifar a vida da ex-companheira, e atingiu a irmã dela no processo.

Vídeo:

Fonte: Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui