Canditada à prefeitura de Itamarati e ex-prefeito são alvos de ação do MPAM

Prefeitura Municipal de Itamarati - Foto: Divulgação/MP

O ex-prefeito de Itamarati, João Campelo, e a candidata a prefeita nestas eleições, Francisca Feitosa estão na mira do Ministério Público do Amazonas (MPAM). O motivo é improbidade administrativa do ex-gestor e acúmulo de cargo da prefeiturável.

O caso de improbidade de João teria ocorrido em 2011, quando consta o fracionamento no Procedimento Licitatório de aquisição de medicamentos, derivados de petróleo, gêneros alimentícios, materiais de expediente e hospitalar, além da contratação de uma diarista temporária.

Já Francisca exercia um cargo de confiança no Governo do Amazonas e, em paralelo, tinha a função de professora efetiva no município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui