Carimbo e infidelidade na Eleição da Câmara Municipal de Manaus

Vereador Marcelo Serafim (PSB).

Vereador Marcelo Serafim (PSB).
Vereador Marcelo Serafim (PSB).

O carimbo no passaporte do vereador Wilker Barreto (PHS), para dois anos de presidência da Câmara Municipal de Manaus (2015/2016), já foi batido sem surpresas. Tudo estava dentro do planejado. O que não estava dentro da programação da Sessão de votação da Mesa Diretora foi a reação do vereador Marcelo Serafim (PSB).
Diante da infidelidade de seu colega de partido, o vereador Elias Emanuel (PSB), que se alinhou ao prefeito Arthur Neto (PSDB), para tornar-se líder de governo, irritou-se, discutiu com o ex-motorista da família e abriu a maior confusão no plenário da CMM. Hoje, o motorista serve ao Elias.
Marcelo Serafim ficou tão irritado, que após a finalização dos votos, se trancou no seu gabinete para ouvir a gravação do discurso do presidente eleito, Wilker Barreto e se inspirar na elaboração de um documento a ser enviado à direção nacional do PSB, pedindo punição ao seu colega Elias Emanuel. O conteúdo desse documento continua em sigilo. Nem mesmo militantes próximos ao vereador souberam informar.
Interlocutores dão como certo, que Marcelo vai pedir a expulsão do colega por defender bandeiras contrárias à orientação do partido. “Faltou habilidade do vereador”, disse um deles. O estranho é que Marcelo já deveria ter notado a mudança de comportamento do seu colega, a tempos. Nos últimos dois meses, Elias Emanuel vinha defendendo com unhas e dentes as mensagens enviadas à Casa pelo prefeito Arthur Neto.
Nas duas últimas semanas, Elias Emanuel já estava atuando como líder, antecipado, nos seus pronunciamentos. Então, ou faltou uma proposta para o vereador Marcelo Serafim compor Mesa, ou ele se deixou encantar pelo discurso do colega e perdeu o fio da meada, mais uma vez.

 

A nova composição da Mesa Diretora ficou assim definida:
Presidente: Wilker Barreto (PHS)
1º Vice-presidente: Hiran Nicolau (PSD)
2º Vice-presidente: Felipe Souza (PTN)
3º Vice-presidente: Amauri Colares (Pros)
Secretária Geral: Glória Carratte (PSD)
1º Secretário: Isaac Tayah (PSD)
2º Secretário: Reizo Castelo Branco (PTB)
3º Secretário: Francisco da Jornada (PDT)
Ouvidor: Jairo da Vical (Pros)
Corregedor: Alonso Oliveira (PTC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui