‘Carneirão’ é preso por tentativa de estupro, em Uarini/AM

Carneirão, preso no Uarini/Foto: PC

Carneirão, preso no Uarini/Foto: PC
Carneirão, preso no Uarini/Foto: PC

Alcemir Rômulo Caldas Aquino, de 22 anos, conhecido como “Carneirão”, foi preso na manhã de ontem, domingo (19), por volta das 06h00, por policiais da 58ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Uarini, no Amazonas, município distante 565 quilômetros da capital, em parceria com a Polícia Militar, após tentar estuprar uma mulher de 25 anos.

Segundo informações do Delegado Mauro Roberto Canale, a vítima estava chegando à residência dela, por volta de 02h30 da madrugada, quando foi surpreendida por Alcemir, que a abordou com chave de braço no pescoço, golpe conhecido como mata-leão, deixando-a desacordada no chão.

Ainda segundo o delegado, o homem tirou as roupas íntimas da mulher, que continuava inconsciente, e antes de iniciar o ato sexual, ele ouviu barulho dos vizinhos e fugiu do local. O fato foi comunicado a polícia, que conseguiu capturar “Carneirão”, no porto da cidade, tentando fugir pelo rio.

Após ser preso em flagrante, Alcemir foi levado à delegacia, onde foi autuado pelo crime de estupro tentado (Artigo 213 do Código Penal). Após serem realizados os procedimentos cabíveis, ele permanecerá na unidade prisional à disposição da justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui