Casos de coronavírus entre indígenas aumentaram quase 100% em um mês

Foto: Reprodução

Os casos de coronavírus entre os povos indígenas estão em disparada. De acordo com dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), há um mês eram 11.385 casos confirmados de covid-19 em membros de 122 etnias. Nesta semana, o número teve alta de 96% com 22.325 casos confirmados em 148 povos.

No mesmo período, segundo o acompanhamento da Apib, o número de mortos pela doença entre os indígenas cresceu 48%: de 426 para 633 vítimas. O governo faz uma conta mais econômica do avanço do coronavírus entre os povos indígenas. Segundo o último boletim da Secretaria de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, o Brasil tem 16.840 casos confirmados e 300 mortos entre os povos originários.

A Apib faz as suas próprias contas porque o governo contabiliza apenas os casos registrados entre indígenas que vivem em aldeias de reservas reconhecidas oficialmente, deixando de fora terras em processo de reconhecimento e indígenas que vivem em zonas rurais e urbanas. Para a entidade, o governo age para maquiar as estatísticas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui