Chegou o dia de Anchieta sair do governo. E agora, José?


 E então chegou o dia – para muitos, o Grande Dia! – em que o governador José de Anchieta (PSDB) vai se desincompatibilizar do governo para concorrer ao Senador por Roraima.

Anchieta sai do governo deixando o estado numa situação difícil, financeiramente falando. Encontrou os cofres cheios de dinheiro deixados pelo velho brigadeiro Ottomar de Souza Pinto e sai deixando milhões em dívida. Roraima está no vermelho.

No ano passado, o governo gastou quase R$ 1 bilhão a mais do que arrecadou. Foram precisamente R$ 865 milhões. E isso em apenas um ano. Nos últimos meses de 2013 e já este ano, o governo fez os repasses dos recursos para os demais poderes sempre com atraso. O que é lamentável.

É fato que Anchieta também fez algumas coisas importantes, muitas delas atrapalhadas, como a titulação das terras repassadas pela União, que virou caso de polícia – Polícia Federal.

Anchieta asfaltou algumas vicinais importantes do estado e fez dessa ação o mote maior do seu segundo mandato. Para cada crítica recebida, Anchieta saía com “mas eu fui o único governador que asfaltou vicinais”.

As obras que poderão ter mais significado – caso não apresentem nenhum problema no seu funcionamento daqui para a frente – são o Hospital de Rorainópolis e a Hidrelétrica de Jatapú, em Caroebe, que recebeu duas novas turbinas.

No entanto, Anchieta, seguindo a estratégia das política retrógrada que vigora há décadas nos rincões do Brasil – deixou para inaugurar todas as obras, digamos, mais significativas, nas suas últimas semanas de governo. Mesmo assim, sai do poder como o mais impopular governador de Roraima das últimas décadas.

Anchieta quer ser senador. Mas pelo governo que fez, não mereceria o voto do eleitor roraimense. Anchieta acredita na força do poder econômico. No entanto, suas chances de eleição vai depender do cenário político que se apresentar para a campanha. Vai depender dos candidatos que estiverem disputando a única vaga de senador em jogo.

E para finalizar, faço aqui uma pergunta: depois que sair do governo, até quando Anchieta continuará sendo cortejado e apoiado pelos deputados estaduais que lhe juraram fidelidade até agora? Eu vou pagar pra ver.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui