Chico Preto quer a volta do debate do PlanMob, na Câmara de Manaus

Chico Preto avalia que o PlanMob está estimado em 2,7 bilhões, incluindo o modal Bus Rapid Transit (BRT) – foto: divulgação

Em seu primeiro ato legislativo de 2019, o vereador Chico Preto (PMN) assinou e irá protocolar na próxima segunda-feira (11), na Mesa Diretora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), requerimento pedindo a realização de uma Audiência Pública para que seja debatido o Plano de Mobilidade Urbana da Cidade de Manaus (PlanMob).

O PlanMob foi aprovado em 2015 pela CMM e contém o plano de ações a serem cumpridas pela prefeitura de Manaus nos próximos 10 anos. O projeto está estimado em 2,7 bilhões e prevê a construção de passagens de nível, ciclovias, a duplicação da estrada dos Franceses e a implementação do modal Bus Rapid Transit (BRT).

Chico Preto avalia que o PlanMob está estimado em 2,7 bilhões, incluindo o modal Bus Rapid Transit (BRT) – foto: divulgação

O parlamentar destaca que três anos após aprovado, o PlanMob pouco avançou sobre os desafios reconhecidos pelo próprio Plano, tendo apenas a ciclovia do Boulevard Álvaro Maia e as pinturas da faixa azul concluídas.

“Não dá para continuar sem nenhuma ação contundente por parte da Prefeitura. Meu papel é falar sobre o assunto, defender providências para debatermos e cobrarmos que o PlaMob saia do papel para a realidade”, afirmou.

“Essa é uma lei que aponta uma série de providências para resolver os problemas das pessoas que utilizam esse transporte público caótico e caindo aos pedaços, e resolver os problemas das pessoas que estão dirigindo imprensadas nessa incorreta implementação da faixa azul. Precisamos pensar na Manaus de hoje e dos próximos 20 anos”, concluiu.

1 COMENTÁRIO

  1. Realmente a única ação foi a pintura da ciclocalcada da avenida boulevard que custou quase 1 milhão de reais e que devido ao risco de vida que causa ao ciclista não é utilizada. Em resumo está LEI está hoje desatualizada e nunca refletiu a necessidade da população e sim a vontade do prefeito. Pois nossas ruas e avenidas estao totalmente abandonadas e com asfalto de qualidade duvidosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui