Chico repudia acordos feitos ‘na penumbra’ e lança candidatura ao Senado

Candidato ao Senado, Marco Antônio Chico Preto - foto: recorte/rede sosciais

Após uma série de “conspirações”, Chico Preto é candidato ao Senado do Amazonas pelo Avante. O pedido de candidatura avulsa foi feito à Justiça Eleitoral.

“Logo após os grandes partidos que compõem a coligado da qual o meu partido faz parte terem exigido a minha cabeça, tomamos a decisão de pedir à Justiça Eleitoral o registro de candidatura avulsa ao Senado”, disse Chico Preto.

Em vídeo publicado nas redes sociais, Chico Preto afirma que dois nomes irão compor a chapa com ele. O objetivo da candidatura é resgatar o respeito e orgulho do Amazonas no Senado Federal.

Chico ainda enfatizou que acordos foram feitos sem que ele soubesse para barrar a candidatura. “Essas questões não podem ser decididas no ‘tapetão’, na penumbra, em acordos que não participei. Meu acordo é com o Amazonas, com bons caminhos”, salientou.

O candidato ainda ressaltou a importância do povo. “Quem tem que decidir é o povo, que é soberano. Vamos brigar até o final porque desistir não é uma opção”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui