Chuvas de meteoros poderão ser vistas no céu nos próximos dias

Chuva de meteoros Geminídeas de 2013 vista do Hemisfério Norte - Foto: Asim Patel/Wikipédia

Duas chuvas de meteoros devem produzir atividade máxima e movimentar o céu nos próximos dias, segundo a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon). O alerta foi divulgado pela entidade nesta terça-feira (27).

A chuva de meteoros, denominada de Alfa Capricornídeas, tem seu dia de pico na quinta-feira (29) e está prevista a queda de cerca de cinco meteoros por hora. Já a chamada Delta Aquáridas do Sul ocorre na sexta (30) e deve ter em torno de 16 meteoros por hora.

“Essas chuvas são totalmente favoráveis [para observação] para nós no hemisfério Sul, em Santa Catarina”, explica o astrônomo amador, Jocimar Justino.

O fenômeno poderá ser visto de todo o país. Mesmo com uma chuva de meteoros pouco intensa, a Alfa Capricornídeas pode produzir meteoros explosivos e algumas bolas de fogo durante seu período de atividade. Os meteoros da Delta Aquáridas do Sul são, geralmente, fracos e não apresentam trilhas persistentes no céu.

Entre o sábado (24) e o domingo (25), a estação de monitoramento de Monte Castelo, no Norte catarinense, fez o registro de alguns exemplares da chuva Delta Aquáridas do Sul.

A Alfa Capricornídeos recebe esse nome porque sua direção de queda fica próxima à estrela mais brilhante da Constelação de Capricórnio. Já o Delta Aquáridas do Sul fica próximo à estrela Delta Aquarii, a quarta mais brilhante da Constelação do Aquário.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui