Como aproveitar melhor as aulas online durante o período de quarentena

Ensino a distância exige algumas mudanças na rotina - Foto: Divulgação

A maneira como milhares de estudantes têm acesso às aulas mudou drasticamente por conta da pandemia do novo coronavírus. Com as recomendações de higiene e a introdução de medidas de isolamento social, as instituições de ensino precisaram adaptar todo o conteúdo do semestre letivo, para que os alunos não fossem prejudicados. Assim, o modelo de ensino a distância ganhou espaço, trazendo também novos desafios.
Para quem não está acostumado, o ensino a distância pode ser um pouco complicado, exigindo uma forma de estudo diferente da usada no ambiente tradicional de ensino, seja escola, faculdade ou outro tipo de sala de aula. Tanto alunos, quanto professores, precisam adaptar a maneira como recebem e transmitem o conteúdo, que deve ser convertido para o ambiente digital. Apesar das dificuldades, as ferramentas online podem trazer muitas coisas positivas para a sala de aula virtual, com conteúdo audiovisual e interativo que colabora para manter a atenção dos alunos e que pode complementar o plano de aulas de professores de diferentes matérias.
Para que o aproveitamento das aulas pela internet seja maximizado, é essencial que o estudante crie estratégias e se comprometa com o ensino, tendo em mente sempre que a adaptação das aulas aconteceu de forma brusca, sem que a organização escolar e o corpo docente pudessem preparar tudo com antecedência. Dessa forma, a comunicação entre alunos, pais, professores e outros membros da academia é essencial, para que os problemas sejam solucionados de maneira eficiente.
Manter uma rotina com horários estabelecidos é muito importante para garantir a eficiência do ensino enquanto não é possível voltar para a sala de aula física. Fazer as tarefas e os trabalhos com antecedência, além de estudar pelo menos um pouco todos os dias, colabora para manter uma sequência de aprendizado, além de influenciar para que o rendimento acadêmico siga com um bom ritmo. Além disso, evitar se distrair com outras atividades, como jogos ou vídeos, durante a aula online impede que a explicação da matéria seja perdida.
Além disso, o aluno deve preparar um ambiente adequado para assistir às aulas e realizar suas tarefas, já que não é recomendado fazer isso deitado na cama ou sentado no sofá. É preciso escolher e organizar um espaço com luminosidade adequada, com cadeira e mesa confortáveis para manter a saúde do corpo durante as horas de estudo, prevenindo dores nos ombros, nas pernas e no pescoço.
Após a pandemia, espera-se que o número de estudantes procurando cursos de modalidade à distância ou semipresencial cresça, já que esses modelos permitem a criação de uma rotina própria e adaptação das tarefas de acordo com o horário disponível de cada pessoa. É comum que muitos alunos tenham dúvidas sobre o que é semipresencial e como essa modalidade funciona, mas, na realidade, ela é mais simples do que parece, unindo conceitos do ensino a distância com aulas e trabalhos, por meio do ambiente online, com algumas atividades presenciais, como a aplicação de provas e a apresentação de seminários finais, por exemplo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui