Comunidade indígena de Jaraguá, em São Paulo, ganha sistema de Biogás

Sistema autônomo gera energia limpa, renovável e sustentável - Foto: Montagem

A comunidade indígena da Tekoa Itakupe, na Terra Indígena Guarani do Jaraguá, São Paulo, ganhou cinco sistemas autônomos de biogás, que faz o tratamento do esgoto sanitário, dos resíduos orgânicos e, até mesmo, do esterco animal para gerar energia limpa, renovável e sustentável, produzindo até sete horas de gás de cozinha todos os dias por cada um dos sistemas. A novidade é uma solução oferecida à aldeia pela Softys, empresa líder na produção de papel tissue na América Latina, como um novo passo dentro do seu projeto de investimento social – Softys Contigo – que tem como objetivo levar soluções inovadoras no segmento de água e saneamento básico para as comunidades carentes em toda a América Latina.

A implementação – realizada em parceria com a ONG Teto – foi realizada no último sábado (19), dia escolhido pela ONU para reforçar a preocupação humanitária com o saneamento básico. O sistema desenvolvido pela empresa de origem israelense HomeBiogás segue o modelo “faça você mesmo”, possibilitando aos moradores que tenham o equipamento em sua própria comunidade, oferecendo-lhes muito mais que um sistema de saneamento básico instantâneo, acarretando, por final, em protagonismo, empoderamento e autonomia para o gerenciamento da sua produção de gás de cozinha.

Junto aos biodigestores foi instalado o Bio-Toilet, um vaso sanitário adaptado que gera economia de água, por ter uma descarga de apenas 1,2 litros por acionamento. Ao acoplar um vaso sanitário ao biodigestor, cria-se a solução de saneamento de forma ecológica, digna e autônoma para os dejetos humanos, enviando o resíduo diretamente do vaso para o biodigestor, sem a necessidade de energia elétrica ou estar ligado a uma rede de esgotamento sanitário. Abastecido com água de reuso e o resíduo líquido, é direcionado a um meio filtrante onde são plantadas mudas de árvores frutíferas, produzindo alimento para os seres humanos e para o próprio biodigestor gerando um sistema de economia circular.

“Acreditamos que esse sistema vai trazer muitos benefícios para a aldeia, facilitando a vida das famílias com uma solução simples e eficiente, que se integra ao modo de vida da comunidade. É mais uma inciativa de sustentabilidade dentro do programa Softys Contigo, que tem como foco principal levar cuidado e higiene às comunidades mais carentes da América Latina. No caso da aldeia indígena, nossa parceira Teto identificou que o sistema de biogás é a solução mais adequada à realidade local”, explica Luís Delfim, CEO da Softys no Brasil. Serão doados à comunidade 5 equipamentos, beneficiando cerca de 40 famílias.

Tekoa Itakupe – É uma das seis aldeias indígenas no Jaraguá, em São Paulo. A região do Pico do Jaraguá abriga cerca de mil indígenas da etnia Guarani Mbya. Eles estão divididos em seis assentamentos: Tekoa Itu, Tekoa Pyau, Tekoa Ita Wera, Tekoa Ita Edy e Tekoa Yvy Porém, além da Tekoa Itakupe (que significa Atrás da Pedra). A reserva Tekoa Itakupe é uma área de 76 hectares, que abriga cerca de 40 famílias. Possui uma casa de reza (Opy`i), uma cozinha e hortas comunitárias, um lago e nascentes do Ribeirão Manguinho. Os Guaranis Mbya estão espalhados por áreas territoriais da Argentina, Paraguai, Uruguai e Brasil. É um povo de muita luta e resistência histórica, que mantém sua língua e cultura tradicionais por meio de cantos, rezas e danças.

Sustentabilidade

Softys Contigo é o grande projeto de investimento social da Softys, e está alinhado à sua Estratégia de Sustentabilidade 2023, onde um dos focos centrais é ser um aliado no desenvolvimento das comunidades e territórios onde está presente. Lançado no começo deste ano, tem investimento de US$ 6 milhões para prover o acesso à água potável e saneamento a pessoas que vivem em comunidades e assentamentos populares na América Latina. O cronograma contempla a construção de 2 mil soluções de água e saneamento até 2026, para tornar o cuidado e a higiene uma realidade para milhares de famílias que hoje vivem em condições de vulnerabilidade social. No Brasil, o projeto já realizou ações em São Paulo, Paraná, Bahia, Recife, Rio de Janeiro e Goiânia, beneficiando, até o momento, cerca de 600 brasileiros.

O projeto é implementado em parceria com a ONG Teto. A parceria prevê a rápida implantação no campo de unidades sanitárias, soluções de água potável, sistema de captação de água da chuva para consumo humano e pias comunitárias. Todas serão implementadas por meio do trabalho comunitário da TETO e dos funcionários da Softys, através de um novo programa de voluntariado corporativo.

“A falta de saneamento básico e acesso à água potável na América Latina é alarmante, mas quando vemos o recorte brasileiro, a realidade é ainda mais desafiadora. De acordo com dados de 2021 do Instituto Trata Brasil, 35 milhões de brasileiros não têm acesso à água potável e cerca de 100 milhões não têm serviço de coleta de esgotos no país. Não poderíamos escolher outro local para dar start as nossas ações do Softys Contigo, principalmente o país sendo nosso foco de expansão atualmente. Temos como propósito desenvolver marcas que ofereçam o melhor cuidado para as pessoas em seu dia a dia, e por isso temos como dever contribuir para mudar esse cenário”, reforça Luís Delfim.

Além da frente de trabalho “Água e Saneamento”, o Softys Contigo possui mais duas frentes de atuação: Educação em Higiene e Ajuda Oportuna, que permitem fazer do cuidado e da higiene o seu propósito social ativando programas onde as marcas como Elite, Babysec, Kitchen, Cotton, entre outras – terão um papel fundamental para alavancar o projeto com ações concretas e mensuráveis.

Sobre a Softys – A Softys é uma empresa global e líder no mercado latino-americano, com mais de 40 anos de experiência no desenvolvimento de produtos e soluções para cuidados pessoais, com diferentes marcas de higiene e limpeza. Parte das Empresas CMPC, está presente no Chile, Brasil, Argentina, México, Colômbia, Equador, Peru e Uruguai. Seu objetivo é desenvolver marcas que ofereçam o melhor atendimento que as pessoas precisam em seu dia a dia e em cada etapa de suas vidas.

Sobre a TETO – TETO é uma organização formada por jovens voluntários que trabalham em conjunto com os moradores de comunidades precárias para superar a situação de pobreza na América Latina por meio de melhorias nas condições de moradia e habitat desses territórios. A organização está presente em 18 países da região e seu escritório internacional fica em Santiago do Chile.

Sobre a Biomovement Ambiental – Com atuação baseada nos pilares da tecnologia, da inovação e do desenvolvimento sustentável, a empresa, com sede em São Paulo, é a representante exclusiva das soluções israelenses HomeBiogas no Brasil. O compromisso da empresa é atuar com soluções que atendam às metas dos ODS da ONU e que, comprovadamente, promovam o desenvolvimento sustentável na vida do cidadão brasileiro. Para saber mais, acesse: www.homebiogas.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui