Concurso TJSP: Confira as dicas de um estudo certeiro

Foto: Reprodução / Internet

Para quem está na expectativa do concurso TJSP para o cargo de escrevente do Tribunal de Justiça de São Paulo, a dica é intensificar os estudos porque os trâmites para realização das provas estão sendo acelerados.

O órgão renovou o contrato com a Vunesp, organizadora que irá aplicar as provas e, de acordo com o presidente do TJSP, desembargador Geraldo Franco, a instituição não medirá esforços para colocar o edital em circulação, visando acelerar a nomeação dos aprovados e ocupação das vagas.

O superintendente da Vunesp, Henrique Monteiro, informa que o número de vagas será alto. O certame vai ser realizado para preenchimento de posições para escrevente, que exigem nível médio de escolaridade.

A proposta é que os aprovados atuem na Comarca da Comarca da capital paulista e 1ª e 4ª regiões administrativas judiciárias do estado. A carga horária é de 40 horas semanais e o salário pode chegar a mais de R$6 mil.

No que diz respeito a possíveis mudanças em relação ao último edital, a Vunesp e o TJSP afirmam que não há a perspectiva de alterações significativas. Uma das alterações já estabelecidas é o valor de  inscrição para os cargos de nível médio que passará por um leve reajuste de  R$72,00 para R$79,00.

Matérias de Estudo

Os interessados no certame terão que demonstrar amplo domínio sobre alguns conteúdos. Veja alguns deles e como eles serão abordados nas provas!

Língua Portuguesa

O candidato deverá responder questões inerentes a interpretação de textos, estrutura de redação (conexão entre ideias e recursos de coesão), classes de palavras, concordância verbal e nominal, crase, pontuação, entre outros aspectos.

Conhecimentos de Direito

As provas abordarão conceitos relacionados a várias facetas do ramo jurídico como Direito Penal, Direito Constitucional, Direito Administrativo e Normas da Corregedoria Geral da Justiça.

Atualidades

Neste contexto, o candidato terá que responder sobre fatos econômicos, sociais e culturais, nacionais e internacionais, que ocorrerão a partir do segundo semestre de 2017.

Além disso, serão cobradas questões sobre os artigos 1º ao 13; 34 ao 38 da Lei nº 13.146/2015 – Estatuto da Pessoa com Deficiência e Resolução nº 230/2016 do CNJ, com as alterações vigentes até a publicação deste edital.

Matemática

Tabelas e gráficos, sistemas de medidas, equações do 1º e 2º graus, noções de geometria, mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum e regra de três simples são alguns dos conceitos que serão abordados nessa parte.

Informática

As principais funcionalidades do Windows 10 e pacote Office de 2016 estarão nesta prova. Além disso, serão colocados conceitos sobre navegação de internet.

Raciocínio Lógico

Nesta parte, o candidato precisa demonstrar capacidade de compreender as relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas e eventos fictícios.

Neste contexto, a prova trará questões sobre estruturas lógicas, lógicas de argumentação, diagramas lógicos e sequências.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui