Conheça o novo futebol criado por causa do coronavírus

Foto: Reprodução

Um novo futebol com distanciamento social está nascendo em Curitiba. É uma modalidade em que os jogadores só podem correr dentro do quadrado delimitado no chão. Se ultrapassarem, a jogada não vale. Tudo para manter o distanciamento de 1,5 m em tempos de Covid-19. As informações são do repórter Lucas Herrero, da Rádio Bandeirantes.

O “New Fut” não permite contato físico, ou seja, não tem drible e todos devem usar máscaras. Foi a alternativa encontrada por empresários paranaenses, já que as quadras em Curitiba estão fechadas desde o fim de março.

Logo na entrada do campo, um tapete sanitizante higieniza as chuteiras, assim como o álcool gel fica disponível em vários pontos da quadra. Até a bola é limpa no começo e no fim de cada tempo com álcool líquido 70%.

O ex-jogador profissional Edmilson Ferreira, conhecido como Castorzinho, participa dos testes desse novo futebol há quatro semanas e conta que a experiência é, no mínimo, diferente. “É cada um no seu quadrado. Uma coisa boa é que quando você está no ataque, tem muita chance de gols, tem o domínio, o passe. A gente fica feliz de poder bater na bola de novo. É uma modalidade muito legal até voltar ao normal, porque o futebol sem você ir para cima do zagueiro ou ter contato, não é o futebol”, disse.

Ele ainda afirma que os jogadores podem correr cerca de 5 km ao longo dos dois tempos de 20 minutos e que é normal termos mais de 20 gols por partida.

Foto: Reprodução

Regras

Na versão para futebol society, são seis jogadores de cada lado, contando com os goleiros. O campo é dividido em quatro faixas – intercaladas por atletas de times diferentes -, como se fosse um jogo de pebolim.

Partindo do meio-campo para o lado esquerdo, ficam três jogadores do time preto (imagem acima). Eles podem dar dois toques na bola e funcionam como defensores e armadores. Do lado direito, outra faixa com três atletas do time azul.

Mais perto do gol, ainda do lado direito, dois jogadores do time preto. São os atacantes, que podem dar só um toque. Do outro lado, depois da linha de meio do adversário, a faixa ofensiva com dois atletas do time azul.
Projeto

Uma das idealizadoras da modalidade, a empresária Carla Bernardi conta que a medida surgiu como uma solução econômica para donos de quadra em Curitiba e que o New Fut pode chamar a atenção dos atletas por ser seguro.

“Essa atividade vem numa boa hora, porque vai dar oportunidade do cliente que está em casa, com medo de jogar a atividade tradicional, poder voltar aos campos, fazer uma atividade física, manter o condicionamento de forma segura, com máscaras e todas as medidas protetivas necessárias”, disse Carla.

O grupo buscou reduzir a ocupação das quadras em 20% com todas as marcações no chão. A intenção é iniciar oficialmente os jogos já na próxima semana.

Em nota à Rádio Bandeirantes, a prefeitura de Curitiba afirma que a prática é permitida desde que siga as medidas de segurança estabelecidas em abril, como a capacidade máxima de uma pessoa a cada 9m².

Fonte: Band

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui