Conheça os períodos mais indicados para limpeza do ar-condicionado

Foto: Divulgação

Com pouca utilização e baixa procura por serviços da área, é possível deixar o aparelho preparado para as estações mais quentes

O outono começa em março (20) e vai até o final de julho. Nesta época do ano, o clima fica mais ameno até a chegada do frio de inverno. Devido a isso, o uso de refrigeradores de ar tende a diminuir um pouco mais e, consequentemente, esses períodos são os mais indicados por profissionais para realizar a limpeza e manutenção dos aparelhos.
Além disso, nesses períodos mais frios, é comum passar mais tempo em ambientes fechados e com pouca circulação de ar, possibilitando que a circulação de vírus e proliferação de fungos e bactérias sejam maiores também. Por isso, para garantir um completo bem-estar e não prejudicar a saúde, além de deixar os ambientes mais arejados intercalando com o uso dos aparelhos, é necessário realizar uma limpeza periódica nos aparelhos de ar-condicionado, já que o excesso de sujeira acumulada pode acarretar em crises alérgicas, que aumentam durante as estações mais frias por causa do ar mais seco.
Por ser um período em que o uso é menor, também há uma baixa procura por serviços assim. Logo, quem pretende marcar uma limpeza ou manutenção tem mais chances de ser atendido com mais agilidade e sem precisar esperar por horários disponíveis, diferentemente de épocas quentes, em que a procura aumenta mais. Sendo assim, aproveitar o outono e inverno para já deixar o aparelho pronto para o uso nas outras estações quentes é uma estratégia mais prática e útil.
Por que fazer a limpeza do ar-condicionado?
A limpeza do ar-condicionado é recomendada, pois, embora ele proporcione um ambiente mais climatizado, garantindo conforto e um clima na medida certa, sem a limpeza regular, ele pode trazer riscos à saúde. Isso acontece porque o aparelho pode absorver partículas de sujeiras presentes no ar, como poeiras, fumaças e demais poluições. Logo, ao acumular essas partículas com a umidade do ar, dá mais abertura para a proliferação de fungos, ácaros e bactérias, resultando em possíveis problemas respiratórios.
Ademais, aparelhos como o ar-condicionado inverter contam com uma redução de até 60% de energia, além de utilizar um gás ecológico que não agride o meio ambiente, ajustando a velocidade do compressor de acordo com as mudanças de temperatura do próprio ambiente. Sendo assim, quando o equipamento está devidamente calibrado e em total funcionamento, ele não corre o risco de utilizar mais energia do que o necessário. Portanto, ao mantê-lo limpo e realizando a manutenção preventiva, há uma economia maior de energia e em relação à durabilidade do equipamento também.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui