Data para Festival de Parintins é “segura”, diz estudo

Foto: Reprodução

Um estudo feito pelo Atlas ODS Amazonas sobre a viabilidade da realização do Festival Folclórico de Parintins em novembro, no contexto da pandemia de Covid-19, aponta que a data sugerida pelos organizadores poderia ser considerada “relativamente segura”. No entanto, o evento deve ser voltado apenas à população de Parintins.

“Segundo os modelos aplicados, se as condições atuais forem mantidas, as projeções sugerem que em 6 de novembro se espera que 92,6% dos óbitos e 99,5% dos casos previstos tenham sido registrados. Do ponto de vista do risco epidemiológico interno (ou seja, para a própria população analisada), a data sugerida pelos organizadores poderia ser considerada uma data relativamente segura para a realização de eventos que resultariam em maior aglomeração”, diz trecho do estudo.

Já sobre a realização do Festival de maneira ampla, com a presença de turistas na Ilha Tupinambarana, não é possível prever qual seria o impacto epidemiológico que um contingente grande de visitantes, dentre eles pessoas contaminadas e no período de transmissão da Covid-19, provocaria ao município. “No entanto, é razoável supor que haveria um alto risco de se iniciar uma nova onda de contaminação, afetando não apenas a população residente”, continua a pesquisa.

O Atlas ODS Amazonas é um projeto da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e está inserido no Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (PPGCASA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui