Deputado federal propõe inserir jornalistas em grupo prioritário de vacinação

Deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS) ‐ Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT-MS) apresentou um projeto de lei para que jornalistas sejam inseridos no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. O texto argumenta que os profissionais da imprensa desempenham atividades essenciais à população durante a pandemia e estão expostos a alto risco de contágio.

Na justificativa do projeto, Dagoberto cita dados que comprovam o alto nível de transmissão e de mortes por Covid entre os profissionais da imprensa. De acordo com a última pesquisa divulgada pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), o Brasil é líder mundial de mortes por coronavírus entre jornalistas. Entre abril de 2020 e março de 2021, foram 169 vítimas da doença.

“Apenas nos três primeiros meses deste ano, 86 casos fatais foram registrados. Um aumento, até agora, de 8,9% de mortes em comparação com 2020. A média diária de óbito dos profissionais por mês no ano passado foi de 8,5. Em 2021, essa média alcança 28,6 mortes. É como se um jornalista morresse por dia no Brasil”, pontua o deputado pedetista.

Além disso, outra informação ressaltada é uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), que classifica a classe jornalística entre as mais expostas à Covid-19, com chance de contágio de 52%.

Repercussão do assunto

No Dia do Jornalista, 7 de abril, a inclusão dos jornalistas no grupo prioritário de vacinação foi solicitada também ao Ministério da Saúde. O pedido foi feito pelo senador Nelsinho Trad (PSD).

Além disso, o PL apresentado tem como base as prefeituras de municípios de todo o país que já anunciaram a implementação da medida e os pedidos de sindicatos dos jornalistas. Em Teresina, no Piauí, foi anunciado pelo prefeito que os jornalistas, professores e agentes da Guarda Civil farão parte do grupo prioritário. Até o momento, não foi informada a fase da qual eles farão parte.

Fonte: Brasil Independente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui