Em bate-boca na Aleam, Bôsco Saraiva revive novela “Sucupira de Odorico Paraguaçu”, da Globo

Bôsco Saraiva tenta "forçar" regimento interno da Aleam.

A Assembléia Legislativa do Estado (ALE) virou, na opinião de um de seus parlamentares, cena da novela na manhã desta quarta-feira (20).

Tudo por conta do bate-boca ocorrido entre o presidente interino, deputado Abdala Fraxe (Podemos) e o vice-governador, Bosco Saraiva (PSDB) sobre a decisão de adiar a posse do governador eleito Amazonino Mendes, para o dia 10 de outubro.

Bôsco Saraiva tenta “forçar” regimento interno da Aleam.

Tudo ocorreu porquê Bosco cobrou rispidamente explicação sobre a decisão de Fraxe mudar a data da posse que estava marcada para o dia 5 de outubro.

Abdala respondeu que era prerrogativa da presidência tomar a decisão sobre a data da posse, ao que Bosco respondeu que ninguém iria fazer da Assembléia uma “Sucupira de Odorico Paraguaçu”, personagem de novela.

O bate-boca aumentou e Fraxe mandou cortar o microfone de Bosco. Os ânimos só voltaram ao normal depois que os demais deputados convocassem uma reunião de emergência para discutir a data da posse.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui