Emmanuel Macron leva ovada em feira de gastronomia

Foto: Denis Balibouse/Pool via AP

O presidente da França, Emmanuel Macron, levou uma ovada nesta segunda-feira (27), em uma feira de gastronomia em Lyon — e o ovo não quebrou.

O agressor gritou “Viva a revolução” e foi preso. O ovo bateu no ombro de Macron e caiu no chão.

As autoridades não divulgaram nenhuma informação sobre a identidade do homem ou a motivação para o ataque.

Em junho, o presidente francês foi agredido com um tapa na cara na região de Drôme, perto de Lyon.

Ele chegou a cumprimentar o agressor, que gritou uma frase contra o governo e um lema do período monarquista antes de desferir o tapa.

Damien Tarel admitiu ter agredido o presidente e foi condenado a quatro meses de prisão, mas foi solto no dia 13 e afirmou que não se arrependia do crime.

Além da prisão, a Justiça suspendeu os direitos civis do agressor por três anos, o proibiu de ter armas de fogo nos próximos cinco e o baniu de quaisquer concursos públicos para o resto da vida.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui