Empresário americano assina pré-contrato para comprar o Botafogo

John Textor (à esq.) e torcida do Botafogo (à direita/Vitor Silva/BFR)

O Botafogo confirmou nesta sexta-feira, 24, o acordo com a Eagle Holding, do empresário americano John Textor, dono do clube inglês Cristal Palace, para a venda de 90% dos ativos da sociedade anônima de futebol. O investimento será de 400 milhões de reais.

O negócio ainda precisa ser aprovado na assembleia geral do clube carioca. Caso os sócios do Botafogo aceitem a venda das ações, toda a operação e os ativos do futebol alvinegro deixarão de estar sob o controle do clube social e passarão a pertencer a empresa de John Textor. O processo de transferência do futebol alvinegro para a Eagle Holding ficará na dependência da evolução dos trâmites jurídicos e legais para ser efetivada.

O presidente do Botafogo, Durcesio Mello, comemorou a notícia.”É com grande satisfação que anunciamos esse marco histórico no Botafogo. Um clube da nossa grandeza terá um parceiro de altíssimo nível para investir e criar as condições que nos possibilitem retomar o protagonismo no futebol brasileiro e mundial. Agora, iniciamos uma segunda etapa do processo, igualmente importante, antes de formalização da nova constituição jurídica. Agradeço a todos que se empenharam, de forma executiva e profissional, para esse momento. O torcedor alvinegro, que por anos esteve ao nosso lado mesmo em períodos de grandes dificuldades, está de parabéns pelo apoio incondicional e por acreditar no profissionalismo da gestão”, afirmou ao site oficial do Botafogo.

Em nota, a XP, que intermediou o negócio, afirmou que o acertou mostra o “potencial enorme” que o futebol brasileiro possui.

Este é o segundo negócio envolvendo venda de clubes brasileiros no modelo SAF. No dia 18, o ex-jogador Ronaldo Fenômeno anunciou a compra de 90% do Cruzeiro. A figura jurídica da SAF, por sua vez, só se tornou possível em agosto passado com a nova Lei do Clube-Empresa, cujo projeto foi aprovado no Congresso no mês anterior.

Quem é o empresário que comprou o Botafogo?

John Textor, de 56 anos, é empresário com negócios ligados a mídia. Ele é ex-chairman e ex-CEO do Facebank Group, dono da fuboTV – serviço de streaming de televisão especializado na transmissão de eventos esportivos como NFL (futebol americano), MLB (baseball) , NBA (basquete), NHL (hóquei), e futebol, entre outros conteúdos.

Textor é também investidor do Crystal Palace, tradicional clube inglês no qual detém uma participação de 40%, que disputa a Premier League, um dos mais importantes e competitivos campeonatos de futebol do mundo. Ele pagou cerca de 90 milhões de euros na operação. No clube inglês, o empresário reduziu a dívida do time em 50 milhões de euros, investiu no estádio, nas categorias de base e contratou jogadores.

biznews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui