Espaços culturais oferecem programação gratuita no Dia Nacional da Cultura

Foto: Divulgação

No Dia Nacional da Cultura, celebrado nesta quinta-feira (05/11), o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, apresenta uma agenda gratuita em homenagem ao Dia Nacional da Cultura, celebrado nesta quinta-feira (05/11.

Segundo o secretário Marcos Apolo Muniz, a pasta preparou programação especial, mas vai disponibilizar um número limitado de vagas, uma vez que são cumpridos rigorosamente os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19. Entre as medidas estão o distanciamento social de 1,5 metro, totens de álcool em gel em pontos estratégicos, funcionários treinados e com equipamentos de proteção, aferição de temperatura na entrada do espaço e limpeza e higienização do local. O uso de máscara é obrigatório.

Foto: Divulgação

Programação – No Palacete Provincial, localizado na Praça Heliodoro Balbi, no Centro de Manaus, às 9h, acontece a abertura da exposição “Traços Tribais”, de Noleto, com curadoria de Jandr Reis. Com o azul em várias tonalidades, o artista plástico goiano traz nas obras experiências geométricas.

O espaço funciona de terça-feira a sábado, das 9h às 15h, com acesso por meio de agendamento no Portal da Cultura (cultura.am.gov.br).

Foto: Divulgação

Às 10h e às 14h30, no hall do Teatro Amazonas, que fica no circuito cultural do Largo de São Sebastião, o Balé Folclórico do Amazonas apresenta trechos do espetáculo “Dançando Nossos Compositores”. Serão exibidas coreografias em repertório de Raízes Caboclas e Celdo Braga.

Celebração – Já na Galeria do Largo, também no Largo de São Sebastião, às 18h, vai ser a vez de inaugurar a exposição “05ReferênciasAmazônidas”, que faz parte da comemoração dos 15 anos do equipamento cultural. A mostra, seguindo um viés cronológico, conta com obras de Moacir Andrade, Óscar Ramos, Hahnemann Bacelar, Bernadete Andrade e Roberto Evangelista, com concepção expositiva de Cristovão Coutinho e texto curatorial de Luciane Páscoa.

Foto: Divulgação

As peças em pinturas, desenhos, objetos, poesias, trabalhos gráficos, vídeos compõem o acervo de criadores referenciais na história da arte amazonense, brasileira e do mundo, com respectivas biografias elaboradas por estudiosos como Priscila Pinto, Décio Viana, Valter Mesquita, Alberto Saraiva e Sávio Stoco. As obras fazem parte dos acervos da Pinacoteca do Estado, da Coleção Amazoniana/UFPA, além dos acervos particulares de José Cardoso, Gabriel e Ivone Andrade e Jair Jacqmont.

A casa funciona das 15h às 20h, de terça-feira a domingo. Não é necessário agendamento; no entanto, as visitas são feitas com grupos de até dez pessoas para atender aos protocolos de segurança.

Concerto – Às 20h, a Amazonas Filarmônica sobe ao palco do Teatro Amazonas para apresentar obras de Bohuslav Martinů e Nino Rota. O acesso é gratuito, com agendamento pelo Portal da Cultura (cultura.am.gov.br) e pelo site do Teatro Amazonas (teatroamazonas.com.br).

Para executar “Noneto n.2”, de Martinů; e “Nonetto”, de Rota; estão confirmados Tatiana Gerassimova (flauta), Hristo Ganev (oboé), Vadim Ivanov (clarinete), Alexandre Mourzitch (fagote), Assen Anguelov (trompa), Nikolay Mutafchiev (violino), Vladimir Rusev (viola), Adriana Velikova (violoncelo) e Miroslava Krastanova (contrabaixo), numa formação de câmara que mistura um quinteto de sopros com um quarteto de cordas.

Dia da Cultura – Instituído por meio de lei federal em 1970, a data é uma homenagem ao jornalista, político, jurista e intelectual Rui Barbosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui