Estádio ‘Carlos Zamith’, no Coroado, será inaugurado amanhã(24), confirma Melo

Melo realiza uma vistoria ao Estádio Carlos Zamith/Foto: Valdo Leão
Governador Melo, confirma inauguração do Estádio do Coroado/Foto: Alex Pazuello
Melo realiza uma vistoria ao Estádio Carlos Zamith/Foto: Valdo Leão

Com um jogo entre as equipes de juniores do Nacional x Rio Negro, o governador do Amazonas, José Melo, inaugura amanhã, sábado (24), o estádio Carlos Zamith, no bairro Coroado, ma zona leste. A partida acontece às 19h00 e a entrada é um quilo de alimento não perecível, que deve ser trocado, impreterivelmente, no período das 09h00 às 15h00, na bilheteria do estádio.

“As pessoas que, assim como eu, vão lá para ver o belo estádio ser inaugurado, terão que levar um quilo de alimento não perecível, que serão doados a instituições que ajudam o governo na área social, portanto, quero convidar a todos para a inauguração”, afirmou José Melo. Os alimentos serão entregues às instituições pelo Fundo de Promoção Social (FPS), sob a gestão da primeira-dama do Estado, Edilene Oliveira.

Na manhã de hoje, sexta-feira (23), ao acompanhar os últimos retoques do novo estádio, construído para ser um dos Campos Oficiais de Treinamento (COT) das seleções que irão disputar os jogos da Copa 2014 em Manaus, o governador anunciou que o outro COT, o estádio Ismael Benigno (Colina), na zona oeste, será inaugurado dia 31 de maio, com o clássico Galo-Preto (São Raimundo x Sulamérica). “Lá também está praticamente pronto. Se tivéssemos de inaugurar depois de amanhã estaria pronto, mas vamos fazê-lo mais pra frente”.

José Melo ainda fiscalizou a obra do Centro Integrado de Comando e Controle de Segurança (CICC), que recebe acabamentos finais, além de equipamentos e mobília e anunciou que o novo centro de monitoramento de segurança será entregue à população dia 30 de maio.

Legados da Copa – Segundo o governador, os dois estádios, assim como a Arena da Amazônia e o CICC, estão entre os legados da Copa que ficarão para a população do Amazonas, cada um com sua importância. “Esses estádios menores aqui serão importantes, porque eles vêm atender aquela parte do futebol que uma arena enorme como a Arena da Amazônia não pode atender”, disse Melo.

O governador também citou o Centro Integrado de Comando e Controle como uma importante herança que ficará para a população, assim como toda a parte de treinamento e a experiência de grandes operações de segurança preparadas para o evento. “É uma herança fantástica, pois está ancorando tecnologia que vai poder visualizar, à distancia, a cidade de Manaus. “Imagine um policial  na viatura receber a informação instantânea de que à direita dele, a 15 metros, alguém está assaltando uma senhora idosa. Ou então, ser informado de que esta pessoa está armada ou que entrou no beco”, exemplificou José Melo, para ilustrar o nível de precisão do novo centro de monitoramento construído para Manaus.

Ainda segundo o governador, o CICC poderá contar com o suporte de quatro carretas equipadas com equipamentos de monitoramento que poderão serão colocadas em pontos estratégicos da Cidade de Manaus e de lá visualizar tudo o que está acontecendo ao redor.

José Melo também ressaltou a importância da realização do Mundial de Futebol para o turismo da cidade. “Outra herança é para o turismo. O mundo vai ver quão belo é o Amazonas, quão belo são os nossos rios, quanta floresta preservada nos temos e, a partir daí, com toda a certeza, virão grandes investimentos para criar na cidade de Manaus um destino do turismo de selva de natureza e da pesca esportiva”.

Fiscal de obras – Ao visitar as obras do novo COT e do CICC, o governador voltou a ressaltar a importância de se colocar como fiscal das obras do Governo do Estado. Uma de suas rotinas diárias, antes de iniciar seus despachos na sede do Governo, é visitar as obras na cidade. “Foram obras que eu visitei há 15 dias, fiscalizei e dei ordens de que queria prontas e a coisa andou”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui