Estado Islâmico sequestra 150 pessoas na Síria e 107 no Iraque

Sequestrados teriam sido levados par locais de execução/Foto: Reuters
Sequestrados teriam sido levados par locais de execução/Foto: Reuters
Sequestrados teriam sido levados par locais de execução/Foto: Reuters

O ataque ocorreu há dois dias e, desde então, havia denúncias de que mais de 100 pessoas, entre crianças e mulheres, tinham sido sequestradas pelos jihadistas. Segundo a organização Assyrian Human Rights Network, os jihadistas estariam preparando um vídeo para o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e para os países que integram a coalizão que combate o Estado Islâmico.
Na mensagem, os jihadistas pretendem ameaçar os reféns de morte. De acordo com a agência síria Sana, 89 pessoas foram sequestradas em Tal Hermez, Tal Shamiram e Tall Tamr.

Ontem, quarta-feira (25), foi anunciado que o Estado Islâmico teria raptado mais 107 membros de uma tribo no Iraque, incluindo noves crianças.

O crime teria ocorrido a leste de Tikrit. Uma fonte local disse que os reféns são familiares de combatentes que lutam contra os jihadistas. O sequestro no Iraque também teria ocorrido há dois ou três dias.(iG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui