Estado vai iniciar ações contra o desmatamento em março

Foto: Reprodução

Está previsto para o mês de março o início da atuação do Governo do Amazonas para combater o desmatamento ilegal e as queimadas não autorizadas no estado. A agenda de ações foi pauta de uma reunião, realizada nesta quarta-feira (6), entre as secretarias e demais instituições estaduais envolvidas na Operação Curuquetê 2.

Segundo a secretária adjunta de Gestão Ambiental da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Christina Fischer, o adiantamento das ações permitirá ampliar a presença do Estado, sobretudo, nas áreas de intensa pressão para crimes ambientais – isto é, o sul do Amazonas, que em 2020 concentrou aproximadamente 70% de todos os focos de calor registrados no Estado.

O planejamento das ações também inclui a formação de 100 brigadistas florestais, por meio de um curso a ser promovido pelo Corpo de Bombeiros e o subcomando de ações da Defesa Civil, ainda no primeiro trimestre de 2021.

Foto: Carlos Soares/SPP-AM

Outra novidade com relação à Operação Curuquetê 2 é que as ações deste ano contarão com duas bases paralelas de atuação. Agora, as equipes serão divididas em bases nos municípios de Apuí e também em Humaitá, coordenadas pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

As ações têm participação de equipes da Sema, do Ipaam, da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi) da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e, também, da Polícia Civil do Estado.

Uma nova reunião entre as equipes está marcada para ocorrer na próxima quarta-feira (13), para tratar dos planejamentos logísticos específicos, como custos, materiais e alojamentos dos agentes em campo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui