Estelionatário é preso enquanto aplicava golpe em empresária

Foto: João Brito/PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas, representada pela delegada Deborah Souza, titular do 23° Distrito Integrado de Polícia (DIP), falou, na manhã desta quinta-feira (07/06), durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da unidade policial, sobre a prisão em flagrante de Antônio Jorge Belém Marinho, 34, por estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documento público e uso de documento falso.

De acordo com a autoridade policial, o infrator foi preso pela equipe de investigação do 23° DIP na tarde de quarta-feira (06/06), por volta das 13h, nas dependências de um cartório situado no bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul da capital. Conforme Deborah Souza, o homem estava sendo investigado pelos policiais civis há cerca de um mês, após ser denunciado por aplicar golpes em um site de compra e vendas pela Internet, anunciando a venda falsa de terrenos.

“Chegamos até o infrator depois de recebermos denúncia anônima, informando que ele estava em um cartório situado no bairro Parque Dez de Novembro, finalizando uma transação de uma possível venda.
Ao chegarmos no lugar conseguimos efetuar a prisão de Antônio. Constatamos que ele estava aplicando mais um golpe, dessa vez no valor de R$ 35 mil, em uma empresária de 39 anos. A mulher relatou que havia sido convencida pelo infrator a comprar um terreno na rua 29, segunda etapa do bairro Lírio do Vale, zona oeste da capital”, explicou Souza.

Foto: João Brito/PC-AM

Mais vítimas – A titular do 23° DIP ressaltou que no momento da prisão de Antônio, o homem estava em posse de um Registro Geral (RG) falsificado, utilizado por ele para enganar potenciais compradores.
“Identificamos mais de 20 pessoas que foram vítimas desse infrator. Esperamos, com a divulgação da imagem dele, que mais vítimas nos procurem. Solicitamos a quem reconheça Antônio, comparecer ao prédio da delegacia ou ligar para o número (92) 98195–9786, o disque-denúncia do 23° DIP”, enfatizou a delegada.

Flagrante – O infrator foi autuado em flagrante por estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documento público e uso de documento falso. Ao término dos procedimentos cabíveis no 23° DIP, Antônio será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui