Estudantes da USP criam detergente capaz de matar larvas do Aedes aegypti


Estudantes da Universidade de São Paulo (USP) em Lorena (SP) criaram um detergente capaz de desfazer as larvas do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika e chicungunya.

Segundo informações do G1, o produto foi patenteado e aguarda o investimento de empresas para entrar no mercado.

De acordo com o doutorando em biomedicina Paulo Franco, um dos responsáveis pelo projeto, em contato com a água, o produto reduz a tensão da superfície, o que desestabiliza as larvas – fazendo com que elas afundem, se desfazendo em até 48 horas.

“O detergente em água faz com que reduza a tensão superficial, então tudo que tem nessa superfície ela afunda [o mosquito se desenvolve na superfície]. O produto não deixe que a larva chegue até a fase de mosquito, que pode transmitir a dengue”, explicou Paulo. A pesquisa é supervisionada pelo professor Doutor Silvio Silvério da Silva.

(Notícias ao Minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui